Começam avaliações do Programa de Eficiência de Carcaça
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PECUÁRIA

Começam avaliações do Programa de Eficiência de Carcaça

Em 2019, o programa atraiu 285 pecuaristas, com abate de 99.696 animais
Por: -Eliza Maliszewski

Começaram neste mês as avaliações do Programa de Eficiência de Carcaça (PEC), iniciativa que reconhece e valoriza os pecuaristas com melhores indicadores de desempenho e que lideram o processo de produção de carcaças padronizadas e de alta qualidade. A análise é feita em animais abatidos e busca ver maturidade, peso de carcaça, ph da carne e acabamento de gordura.

Neste ano são cinco unidades participantes, com a inclusão de Janaúba (MG). Ainda estão inclusas as unidades Araguaína (TO), José Bonifácio (SP), Mirassol D’Oeste (MT) e Palmeiras de Goiás (GO). Criadores desses estados podem se inscrever no site da Minerva Foods, uma das organizadoras junto com as empresas de saúde animal Phibro Saúde Animal e Biogénesis Bagó.

As inscrições ainda estão abertas e as avaliações seguem até agosto. Não há distinção de raças e todos os lotes de pecuaristas inscritos abatidos nas plantas participantes do programa serão avaliados. O PEC dissemina boas práticas, integrando os vários elos da cadeia produtiva e oferecendo apoio para os pecuaristas produzirem mais e melhor. “Damos mais um passo para maximizar nossa contribuição para a pecuária brasileira avançar ainda mais e atingir um novo patamar de eficiência de carcaça”, diz Mauricio Graziani, presidente da Phibro Saúde Animal.
 
Para Fabiano Tito Rosa, diretor de compra de gado da Minerva Foods, uma das principais propostas do PEC é “levar conhecimento e tecnologias para ajudar pecuaristas a melhorar seus índices de desempenho, melhorando a constância de oferta, a precocidade dos animais e o acabamento”, destaca.
 
Em 2019, o programa atraiu 285 pecuaristas, com abate de 99.696 animais em duas unidades (TO e GO). No ano seguinte, dobrou de tamanho (incluindo unidades de MT e SP) e obteve resultado ainda mais positivo: 728 produtores inscritos e abate de 237.684 animais. Em 2021, mesmo com a pandemia, o PEC espera superar os bons resultados obtidos nas edições anteriores.
 
“Os números do PEC comprovam que os pecuaristas querem ter mais produtividade. E estão abertos à troca de informações e à interação com os demais elos da cadeia da carne. Com isso, não apenas contribuímos com os melhores processos e práticas, mas também analisamos os dados dos participantes e mostramos em que podem melhorar os indicadores de desempenho”, assinala Marcelo Bulman, country manager da Biogénesis Bagó.
 
Inscrições e mais informações aqui


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.