Comercialização de vinhos teve queda de 7% no RS

Agronegócio

Comercialização de vinhos teve queda de 7% no RS

As boas vendas de espumantes não se refletiram no mercado do vinho em 2006
Por: -Redação
1 acessos

As boas vendas de espumantes não se refletiram no mercado do vinho em 2006. Foi registrada redução nas vendas de 7% entre janeiro e novembro. No entanto, a situação não traz preocupação para o setor neste momento, já que a queda é resultado da baixa na produção. A estiagem do verão passado ocasionou em safra menor. O maior espaço para o vinho importado foi resultado do câmbio, que vem caindo. Nosso preço cresceu, e o do importado diminuiu, afirmou o diretor da Agavi, Darci Dani. A valorização do produto nacional deveu-se à menor produção, somada ao aumento na demanda.

Agora, o setor começa a pensar na próxima safra, que deve voltar aos patamares de 2004, crescendo de 20% a 30% em relação a 2006. Vamos nos reunir para montar uma estratégia. Será difícil retomar o espaço da garrafa de vinho importada que substituiu a nossa, afirmou. Em 2005, a safra de uva havia sido de 493 milhões de quilos, contra 423 milhões de quilos em 2006, redução superior a 14%. Na Casa Valduga, houve queda de quase 20% na venda de vinhos em relação a 2005. O diretor enólogo da vinícola, João Valduga, concorda que o problema foi a concorrência com o importado.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink