Comércio de farinha da Inglaterra deve crescer
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,156 (0,78%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)

Imagem: Pixabay

MUNDO

Comércio de farinha da Inglaterra deve crescer

Oriente Médio pode ser o destino
Por: -Leonardo Gottems
143 acessos

Prevê-se que o comércio mundial de farinha de trigo em 2020/2021 aumente 4% em relação ao ano anterior devido a uma suposta recuperação dos embarques para o Uzbequistão e Afeganistão, afirmou o Conselho Internacional de Grãos (IGC) em seu Relatório mensal do mercado. Com 15 milhões de toneladas projetadas (equivalente ao trigo), o IGC reduziu ligeiramente sua previsão para 2020/2021 em relação à projeção em abril (15,1 milhões de toneladas). 

O IGC estima que o Uzbequistão e o Afeganistão tenham quantidades importadoras "menores que o normal" de farinha de trigo em 2019/2020. Sua estimativa mais recente do ano recentemente encerrado mostra que o Afeganistão importa 1,9 milhão de toneladas e o Uzbequistão gera 550 mil toneladas. No próximo ano, eles devem importar 2,5 milhões e 750.000 toneladas, respectivamente. 

No Oriente Médio, antecipam-se grandes colheitas que provavelmente conteriam os requisitos de importação para o Iraque e a Síria, disse o IGC. O Iraque, que há apenas três anos importou 2,627 milhões de toneladas de farinha, deverá importar 2 milhões de toneladas em 2020/2021, 100.000 toneladas a mais que no ano anterior. Enquanto isso, a Síria deverá importar 450.000 toneladas, o mesmo que o ano anterior. 

O IGC observou que o Iêmen deve importar 900.000 toneladas de farinha pelo segundo ano consecutivo, uma vez que "provavelmente permanecerá em um nível elevado devido a interrupções na agricultura local e na capacidade de processamento causada por conflitos". O IGC disse que o cenário global de importação é um pouco incerto. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink