Como ficou o milho no encerramento da semana?
CI
Imagem: Marcel Oliveira
NEGÓCIOS

Como ficou o milho no encerramento da semana?

O Paraná teve dia de calmaria, com os produtores não cedendo aos preços
Por: -Leonardo Gottems

No estado do Rio Grande do Sul são esperados volumes expressivos de chuva para os próximos dias, mas, mesmo assim, o último dia comercial não foi de negócios, de acordo com a TF Agroeconômica. “Mais um dia como outros tantos, sem reporte de negócios. Indicações de compra caíram para R$ 93,00 CIF Marau; R$ 94,00 CIF Arroio do Meio; R$ 93,00 Ijui; e R$ 93,00 Santa Rosa. Safra nova indicava R$ 76,00 no porto para março, e R$ 90,00 CIF Marau para janeiro. Preços de pedra caíram para R$ 88,00 em Panambi”, comenta. 

Em Santa Catarina, a diferença entre ideias de compra e venda é de até R$ 5,00 por saca. “Em  um  dos  únicos  negócios  reportados,  viu-se  milho  em  Xanxerê  comercializado  a  R$  96,50,  em  apenas  300 toneladas, com pagamento curtíssimo. Ademais, indicações em queda livre em todo o Estado, onde compradores permanecem entre R$ 93,00 a R$ 95,00, contra R$ 98,00 a R$ 100,00 para a venda”, completa. 

O Paraná teve dia de calmaria, com os produtores não cedendo aos preços. “Indicações  de  venda  nos  Campos  Gerais  não  baixam  de  R$  100,00  na  ideia  de  produtores  e  compradores indicando R$ 95,00. No oeste, fixações ocorreram a R$ 97,00 a saca, e no norte, indicações de R$ 96,00, sem ideia de venda”, indica. 

Semana  após  semana,  confirmam-se  as  condições ruins  de lavouras  no  estado  do  Mato  Grosso  do  Sul, através  dos  relatos  do  boletim  divulgado  pela Semeagro. “A região  norte, por exemplo,  tem  apenas 4% das lavouras em boas condições, 65% regulares e 31%  ruins,  enquanto  que  a  região  oeste  não  possui lavouras em boas condições, 54% destas estão ruins, e  46%  são  regulares.  O  órgão  estima  que,  na  última semana de agosto, a colheita atingiu 70% no estado”, conclui.  


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.