Conab rebaixa estoques de trigo a menor nível em 8 anos
CI
Imagem: Pixabay
ANÁLISES

Conab rebaixa estoques de trigo a menor nível em 8 anos

“Praticamente não houve exportações"
Por: -Leonardo Gottems

O relatório mensal de acompanhamento das culturas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) registrou que, para suprir a demanda interna, em junho de 2020, foram importadas 434,1 mil toneladas, sendo 79,6% de origem argentina, 13,8% de trigo dos Estados Unidos, 4% de trigo do Uruguai e 2,5% de trigo proveniente do Paraguai. Além disso, o estoque de passagem passa a ser de 100,6 mil toneladas, o mais baixo da série dos últimos anos, segundo a T&F Consultoria Agroeconômica.  

“Praticamente não houve exportações no mesmo período. Com a proximidade do final da safra 2019/20, a Conab revisou os números relativos ao quadro de oferta e demanda, no que se refere ao volume importado, que passa de 7,2 milhões de toneladas para 7 milhões de toneladas, bem como o volume a ser exportado, de 400 mil toneladas para 350 mil toneladas”, completa. 

Já na safra 2020/2021 foram ajustados os volumes de produção, que passou da previsão de 5.690 mil toneladas para 6.315 mil toneladas previstos, devido, principalmente, à expectativa de aumento de produção do Paraná (+40,7%), o maior estado produtor. “Outro ajuste realizado na safra vindoura foi o de uso para sementes, de 326,7 mil toneladas para 347,9 mil toneladas, devido à perspectiva de aumento da estimativa de área a ser plantada”, indica. 

No mercado internacional, os preços das exportações russas e do trigo doméstico caíram na semana passada sob pressão da nova safra e da demanda inicial dos exportadores, disseram analistas. “O trigo russo com 12,5% de proteína carregada dos portos do Mar Negro estava em US$ 197,5 a tonelada livre a bordo (FOB) no final da semana passada, US$ 3 abaixo da semana anterior, informou a consultoria agrícola SovEcon”, conclui.  


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink