Conferência Anual da RTRS esclarece problemas urgentes da cadeia de suprimento da soja

Soja

Conferência Anual da RTRS esclarece problemas urgentes da cadeia de suprimento da soja

Evento será realizado nos dias 30 a 31 de maio em Lille, na França
Por:
47 acessos

O papel dos governos, a importância dos direitos trabalhistas, a busca pelo desmatamento zero e a relevância dos grandes territórios globais. Esses serão os principais temas da RT13, Conferência Anual da Associação Internacional de Soja Responsável (RTRS), que acontece nos dias 30 e 31 de maio, em Lille, na França.

O diálogo global visa explorar soluções práticas e novas estratégias para tornar a cadeia mundial de suprimento da soja mais responsável. O evento também dará continuidade ao tema do ano passado, quando 200 líderes da cadeia da soja se reuniram para debater questões fundamentais, como a transparência na produção e o desmatamento zero.

O evento irá reunir palestrantes do mundo inteiro com as principais personalidades do setor, sendo uma oportunidade única para estabelecer mudanças positivas para toda a cadeia de suprimento. A ideia é identificar um conjunto de soluções globais, focadas em alcançar uma produção sustentável e sinergias entre as estratégias delineadas.

"A conferência deste ano irá tratar as questões mais importantes em torno da indústria da soja, explorando o que os compradores e produtores precisam para aumentar o mercado de soja responsável. O empenho de todos os jogadores é vital para que esse crescimento seja exponencial”, comenta a Presidente da RTRS, Marina Engels.  

O Brasil, um dos principais players da cadeia da soja, será representado por diversas associações de produtores, como a Fundação de Apoio a Pesquisa do Corredor Norte (FAPCEN), o Clube Amigos da Terra de Sorriso-MT (CAT) e o Grupo SLC, que irão apresentar o trabalho realizado e a relação que possuem com a produção e o processamento de soja sustentável.

“Exploraremos a certificação RTRS juntamente com vários projetos jurisdicionais em andamento, como uma rota possível para garantir compromissos para o desmatamento zero no Cerrado e em outros lugares, sem um impacto negativo sobre o produtor e seus esforços. Iremos discutir onde a RTRS pode trabalhar para unir forças e como outras geografias podem aprender com as experiências do Brasil”, aponta.

Em 2017, a RTRS considerou a urgência do Manifesto do Cerrado e sua missão de proteger integralmente a biodiversidade desse bioma no Brasil. A necessidade de produzir com sustentabilidade é um assunto que tem sido discutido no mercado. Dessa forma, a conferência irá contribuir para um futuro mais sustentável, por meio de soluções práticas e viáveis.

Para se inscrever, basta acessar: http://www.responsiblesoy.org/annual-conference/?lang=pt
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink