Confira como está o mercado do milho no Brasil
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PREÇOS

Confira como está o mercado do milho no Brasil

Santa Catarina deve reduzir rebanho
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a TF Agroeconômica, no Rio Grande do Sul, cerca de 18% do milho de verão já foi negociado antecipadamente. “Houve muitos negócios com tradings para março/21 e ainda mais com indústrias de proteína animal, mas o volume maior do milho ainda está no spot. Produtor aos poucos está olhando para futuros até porque não era uma prática muito usual no RS”, comenta. 

Com perdas de 28,71% na safra de milho, Santa Catarina deve reduzir rebanho. “O estado plantou 222.424 hectares, mas só deverá colher 217.314 hectares. Da estimativa inicial de produção de 9.435.592 toneladas o estado deverá colher efetivamente 6.726.327 toneladas, perda de 28,71%, segundo dados da Epagri/Cepa do final de novembro, divulgados nesta semana”, completa. 

No Paraná, a safra de verão não sofreu perdas, mas o preço subiu com a demanda de outros estados. “O  Deral-PR  divulgou  os  dados  atualizados  da  safra  paranaense  de  milho  de  verão.    Foram  359.029  hectares plantados,  que  devem  ter  rendimentos  entre  9.121/10.147  kg/hectare  e  uma  produção  entre  3.274.762  tons  e 3.643.041 toneladas. As condições das lavouras são de 5% ruim, 16% médio e  79% boas.  As fases em  que se  encontram as culturas são 37% em desenvolvimento vegetativo, 37%  em  floração, 25% em frutificação e 1% em maturação”, indica. 

Para finalizar, no Mato Grosso do Sul, o mercado “exportador” manteve as altas, mas o preço caiu em Sidrolândia. “O  mercado  de  milho  manteve  inalteradas  as  altas  do dia  anterior,  subindo  um  pouco  mais  em  Campo Grande  e  caindo  1,59%  em  Sidrolândia.  Novamente, não  houve  nenhum  relatório  de  negócios,  para compradores gaúchos ou catarinenses”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink