Confira como está o preço do milho
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Marcel Oliveira

COTAÇÕES

Confira como está o preço do milho

“No interior do estado os preços do milho no mercado de lotes disponível subiram R$ 1,50/saca"
Por: -Leonardo Gottems
315 acessos

De acordo com informações divulgadas pela T&F Consultoria Agroeconômica, no Rio Grande do Sul os preços do milho sobem em média 3 reais/saca no interior nesta quinta-feira. “Mercado continua bem aquecido e com negócios acontecendo ao redor de R$ 59,50/saca, contra R$ 56,50 no mercado spot, entrega setembro e pagamento com 15 dias. Continua chegando mais milho do PR e do MS, mas a preocupação com a concorrência da exportação voltou, depois das recentes altas do dólar”, informa. 

“No interior do estado os preços do milho no mercado de lotes disponível subiram R$ 1,50/saca para R$ 59,50 FOB em Carazinho, subiu 1,50/saca para R$ 58,00 em Cruz Alta, subiu mais 2 reais/saca para R$ 58,00 em Erechim, subiu 4 reais/saca para R$ 59,50 em Ijuí, 2 reais/saca para R$ 60,00 em Passo Fundo e permaneceu inalterado em R$60,00 na Serra”, completa. 

Em Santa Catarina os preços do milho subiram em média 3 reais/saca nesta quinta-feira. “O ingresso de milho de outros estados, como Paraná e Mato Grosso do Sul não alivia os preços, devido ao alto custo do frete e do próprio milho nos locais de origem. A lentidão dos fretes dificulta a compra de milho paraguaio”, indica. 

“Os preços para o produtor mantiveram-se em R$ 50,00/saca no Alto Vale do Itajaí, subiram um real/saca para R$ 51,00 em Campos Novos, em Canoinhas e Chapecó subiram mais 3,00/saca para R$ 53,00, em Concórdia para R$ 52,00 e Joaçaba, R$ 52,00 em Mafra, 3 reais/saca para R$ 53,00 em Pinhalzinho e R$ 53,25 em Xanxerê”, comenta. 

Paraná tem negócios no spot reduzidos, fábricas focando setembro e preços subindo 2 reais/saca. “Nos Campos Gerais, região de Ponta Grossa, mercado de lotes spot subiram mais 1 real/saca para R$ 53,00 FOB, para entrega e pagamento em setembro nas fábricas compradoras, mas vendedores ainda pedindo R$ 55,00/saca”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink