Confira o mercado do milho no Brasil
CI
Imagem: Marcel Oliveira
NEGÓCIOS

Confira o mercado do milho no Brasil

Em Santa Catarina os compradores permaneceram quietos
Por: -Leonardo Gottems

No mercado do milho do Rio Grande do Sul, lotes pontuais foram negociados em Passo Fundo e a produtividade varia muito, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “O  Rio  Grande  do  Sul  apresentou  um  ritmo  bastante lento nesta véspera de feriado. Sabe-se que alguns lotes pontuais – cerca de  300 toneladas –  foram  negociados no FOB Passo Fundo, a R$ 81,00. Ademais, compradores permaneceram  com  as  mesmas  indicações  do  dia  de ontem, e o mercado se mostrou bastante lento”, comenta. 

Em Santa Catarina, na véspera do feriado, os compradores preferiram permanecer “quietos”. “Os  poucos  que  arriscaram  indicações,  não  o fizeram com alterações de preços e não ouvimos relatos de negócios. O  governo  do  Estado  anunciou  o  início  do  repasse  no valor do R$ 5 milhões para os municípios afetados pela estiagem.  Mais  de  90  cidades  com  declaração  de emergência ou calamidade serão contempladas, em uma ação que visa diminuir os  prejuízos com  a seca que perdurou durante entre o  final do ano passado e  início  de 2021”, completa. 

Já no Paraná, a frase “vou esperar” foi a mais ouvida pela consultoria. “Mesmo  assim,  alguns  lotes  foram  negociados  ainda  pela  parte  da  manhã,  em  sua  maioria  em  pagamentos curtíssimos, ou mesmo sobre rodas. Foi o caso de 300 toneladas nos Campos Gerais, ao preço de R$ 93,00; e 600 no Oeste, ao preço de R$ 91,00. Por lá, aliás, sabe-se que em um espaço de cinco dias, uma cooperativa aumentou o preço balcão de R$ 80,00 para R$ 85,00. Idéias de compradores na safrinha, no porto, para o mês de agosto entre R$ 76,90 a R$ 80,00; setembro entre R$ 77,00 a R$ 80,50; outubro a R$ 79,20; novembro a R$ 79,90; e dezembro a 80,60. Na ferrovia, busca-se milho com entrega agosto e pagamento início de setembro a R$ 74,30”, indica. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink