Confira o panorama brasileiro do milho
CI
Imagem: Marcel Oliveira
MERCADO

Confira o panorama brasileiro do milho 

O estado de Santa Catarina tem milho negociado para granjeiros a R$ 86,00
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com a TF Agroeconômica, as chuvas ainda estão dificultando os novos negócios no estado do Rio Grande do Sul. “A lógica anterior permanece. As chuvas frequentes tem sido uma grande dificuldade para o campo e, portanto, recebe a total atenção com os negócios um pouco de lado. O comprador regional continua nos R$82,00 para o mês atual e R$83,00 para março. O vendedor quer R$1,00 a mais por saca em ambos os casos, a tendência é que continue assim até que a soja seja colhida”, comenta. 

O estado de Santa Catarina tem milho negociado para granjeiros a R$ 86,00 e os grandes pagam R$ 83,00. “Finalmente  os  granjeiros  começaram  a  ceder  em  Santa Catarina  e  hoje  foram  negociadas  600  toneladas  a R$85,50/saca  em  Campos  Novos,  negócio  que  era  para ter  saído  ontem,  mas  foi  concretizado  apenas  hoje. Outras  regiões  continuam  paradas,  com  vendedores pedindo  de  R$86,00  para  cima  em  Chapecó  e compradores se mantendo firmes à  R$85,00”, completa. 

Decepcionados com a queda nos preços, os vendedores do Paraná ficam fora de mercado. “Com isto, novamente não houve indicação nas fábricas dos Campos Gerais. Milho  futuro  também  não  teve  indicações  em Paranaguá para fevereiro/março de 2021. Indicação  de  comprador  manteve  a  cotação  do  dia anterior  em  R$  76,00  para março/abril  de  2021,  posto fábrica”, indica. 

No Mato Grosso do Sul, as chuvas continuam atrapalhando a colheita e comercialização. “Tudo igual. Com o início da colheita do milho de verão nos  três  estados  do  Sul  a  demanda  de  outros  estados sobre  o  milho  do  Mato  Grosso  do  Sul  não  evolui  e, consequentemente, os preços permanecem inalterados (mas não caem), mas 8 reais acima de dezembro”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink