Confira o panorama do milho no Brasil
CI
Imagem: Nadia Borges
MERCADO

Confira o panorama do milho no Brasil

Santa Catarina registrou indicações subindo até R$ 85,00
Por: -Leonardo Gottems

O mercado de milho do estado do Rio Grande do Sul está à espera de novos fatos, segundo informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Não há grandes novidades para o Estado do Rio Grande do Sul na comercialização de milho. O mercado pareceu repetir o movimento que se havia visto no dia de ontem, com  produtores  preferindo  vender  no  spot,  e indicações  de  indústrias  a  partir  de  abril  –  apesar  da maioria destas estar concentrada mesmo no maio”, comenta. 

Já Santa Catarina registrou indicações subindo até R$ 85,00 e mercado vendedor sem lotes. “As  indicações  foram  maiores  no  Estado  de  Santa  Catarina  no  dia  de  hoje  e,  a  exemplo  do  Paraná,  isso  não  foi suficiente para que vendedores se mostrassem dispostos a oferecer lotes. As  poucas negociações foram  de  lotes de até 600 toneladas, apenas. Em Maravilha, indicação de compra a R$ 85,00 + ICMS. Na região de Canoinhas, lotes de venda a R$ 84,00, e R$ 84,50 em Campos Novos; ambas as localidades tiveram indicações de compra a R$ 82,00”, completa. 

No Paraná a semana terminou em calmaria. “A comercialização de milho não apresentou novidades hoje no Estado do Paraná, e basicamente, os lotes que se viram  no  fechamento  de  mercado  de  ontem, permaneceram  hoje  com  as  mesmas  pedidas.  As indicações  pareceram  ser  maiores,  sem  que,  no entanto, vendedores colocassem lotes no mercado. Nos  Campos  Gerais,  lotes  a  partir  de  R$  82,00  com indicações  de  compra  a  R$  80,00”, indica. 

Enquanto isso, as pedidas do produtor aumentam no Mato Grosso do Sul. “Por  aqui  o  movimento  não  foi  diferente.  As  pedidas aumentaram – e muito – em relação ao dia de ontem, e as  tradings  preferiram  não  abrir  preços,  já  castigadas por um frete que aumenta quase que diariamente.  Assim,  o  mercado  não  apresentou  movimentações  e não tivemos relatos de negócios no milho”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.