Confira os preços do milho brasileiro
CI
Imagem: Nadia Borges
MERCADO

Confira os preços do milho brasileiro

Em Santa Catarina, o mercado mantém a alta do dia anterior
Por: -Leonardo Gottems

No Rio Grande do Sul, o estado teve quebra entre 2,0-2,5 milhão de toneladas, com os compradores esticando as entregas e pagamentos, segundo informações da TF Agroeconômica. “Com quebra no estado entre 2,0 e 2,5 milhões de toneladas entre a intenção de plantio e as grades quebras havidas por seca, principalmente no Oeste do estado, os preços do milho no Rio Grande do Sul tem se mantido elevados nesta temporada”, comenta a consultoria. 

“De um lado, os compradores não estão pressionando o mercado para não elevado demais os preços e, por outro, os vendedores também não estão com pressa de vender porque percebem o grande potencial de alta que tem pela frene no primeiro semestre de 2021. A recomenda da TF, aliás, é a de vender a soja e reter o milho e o trigo, que tem maior potencial de alta no semestre”, indica. 

Em Santa Catarina, o mercado mantém a alta do dia anterior, com novas compras no Mato Grosso do Sul. “Não  ouvimos  negócios  locais  reportados  novamente  nesta quarta-feira. Os preços de compradores continuam inalterados,  mas  adicionando  a  alta  da  última  segunda-feira: R$ 86,00 base Campos Novos, R$ 87,00 para cima na região de Chapecó e R$ 85,00 na região de Canoinhas. Os vendedores locais continuam pedindo R$ 90,00/saca. Mesmo  assim,  o  preço  do  milho  paraguaio  continua competitivo e há ofertas disponíveis e há negócios feitos”, completa. 

No Paraná, os preços permanecem inalterados nesta quarta-feira. “Preço de comprador do milho spot continuou mantendo há três dias o preço de R$ 82,00 nos Campos Gerais, mas com poucas ofertas. Vendedor continua pedindo R$ 83,00/saca ou mais. Sem indicação nas fábricas dos Campos Gerais. Milho  futuro  manteve  o  recuo  do  dia  anterior  a  R$ 80,00 em Paranaguá para fevereiro/março de 2021. Indicação  de  comprador  manteve  a  cotação  do  dia anterior  em  R$ 76,00  para  março/abril  de 2021,  posto fábrica”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink