SOJA OGM

Conheça os diferenciais da nova soja Intacta 2 Xtend

Terceira geração de soja transgênica no Brasil
Por: -Leonardo Gottems
12514 acessos

Falando com exclusividade ao Agrolink, o gerente de Herbicidas da Monsanto, André Menezes, explica os diferencias da nova Intacta 2 Xtend – a terceira geração de soja transgênica no Brasil. O lançamento comercial está previsto para o mês de outubro de 2020, após obtida a liberação de importação pela China.

Um ponto importante, diz ele, é a genética avançada, com o banco de germoplasma robusto que a Monsanto construiu até hoje com a soja RR e a Intacta – que atualmente representam mais de 50% da área de soja brasileira: “Tanto porque temos o nosso próprio banco de germoplasma Monsoy e Agroeste, mas também pela parceria com os melhores licenciados do país para adaptar a soja a cada localidade”.

“Outro pilar importante é o amplo controle de plantas daninhas, com a possibilidade de aplicar Dicamba sobre a cultura. Esse herbicida é uma ferramenta muito importante, que vem fazendo a diferença nos Estados Unidos contra o caruru (Amaranthus Palmeri) e a buva. Ela tem ainda a vantagem, como oxina, do efeito em solo – que previne a emergência de novas plantas daninhas de folhas largas e até pode causar efeito em invasoras de folhas estreitas”, complementa.

Um trunfo importante da soja Intacta 2 Xtend, diz o gerente de Herbicidas da Monsanto, é o amplo controle de lagartas: "De acordo com nossos estudos, 96% dos danos provocados pelas lagartas na cultura da soja serão cobertos por essa nova tecnologia. Seja por piramidar novas proteínas que vão além da proteção atual da Intacta, ou por incluir o gênero Spodóptera no espectro de ação da tecnologia".

Para que toda essa proteção seja potencializada e preservada, Menezes enfatiza que será feito “muito esforço pelo manejo inteligente, pelas recomendações de como usar a tecnologia. Nós vamos investir muito na Agricultura Digital e na capacitação para uma aplicação segura de Dicamba, seja pela formulação de terceira geração – que praticamente elimina a volatilidade, e também adicionando acessórios como pontas específicas, adjuvantes e outros”.

Veja também: 3ª geração de soja transgênica já tem data

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink