Contratos futuros do açúcar fecham com forte alta nas bolsas internacionais
CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

Contratos futuros do açúcar fecham com forte alta nas bolsas internacionais

Os contratos futuros do açúcar fecharam em forte alta nesta quinta-feira (5)
Por:

Os contratos futuros do açúcar fecharam em forte alta nesta quinta-feira (5) diante da expectativa com as perdas e a quebra da safra brasileira de cana-de-açúcar com a seca prolongada e pelo menos três ocorrências de geadas nas últimas semanas.

O açúcar bruto negociado na ICE, de Nova York, subiu 3,8% no vencimento outubro/21, negociado em 18,62 centavos de dólar por libra-peso, 69 pontos a mais do que a véspera. Já o vencimento março/22 ultrapassou a barreira dos 19 cts/lb, contratado a 19,18 cts/lb, valorização de 65 pontos. As demais telas subiram entre 20 e 57 pontos.

Segundo a Reuters, operadores afirmaram que as expectativas de que o clima seco prolongado e as recentes geadas irão afetar a produção de açúcar no Brasil continua oferecendo suporte aos preços. "Basicamente, parece que todas as coisas relacionadas ao clima estão se atualizando... Todo mundo está otimista", disse um corretor de açúcar com sede nos Estados Unidos.

"Parece que mais analistas estão reduzindo suas estimativas da safra brasileira e, portanto, o déficit de 2021/22 está aumentando", disse à Reuters um segundo corretor, citando conversas no mercado sobre alguns grandes traders de commodities trabalhando com projeções mais baixas.

A Agência de Notícias informa, ainda, que a colheita de cana no Brasil já estava projetada com quebra de 10% este ano, devido à pior seca em 90 anos, o que pode ter sido agravado com as geadas que atingiram várias regiões.

Açúcar branco

Em Londres, o açúcar branco também avançou em todos os lotes nesta quinta-feira. O vencimento outubro/21 foi comercializado a US$ 461,80 a tonelada, alta de 14,50 dólares, ou 3,2% no comparativo com os preços da véspera. Já a tela dezembro/21 subiu 12,70 dólares. Os demais contratos fecharam valorizados entre 4,50 e 9,30 dólares.

Açúcar cristal

No mercado doméstico a quinta-feira foi de baixa no Indicador Cepea/Esalq, da USP, para o açúcar cristal. Ontem o adoçante foi negociado a R$ 120,49 a saca de 50 quilos, recuo de 0,25% no comparativo com os preços de quarta-feira.

Etanol hidratado

Pelo Indicador Diário Paulínia o etanol hidratado fechou ontem com alta de 1%, negociado a R$ 3.117,00 o m³, contra R$ 3.086,00 o m³ praticado na véspera. No mês de agosto o indicador já acumula valorização de 2,23%.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.