Contratos futuros do açúcar fecham mistos com tendência de alta
CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

Contratos futuros do açúcar fecham mistos com tendência de alta

Os contratos futuros do açúcar iniciaram a semana mistos nas bolsas internacionais
Por:

Os contratos futuros do açúcar iniciaram a semana mistos nas bolsas internacionais. Notícias de que a Índia, maior consumidora mundial de açúcar, pretende aumentar suas exportações da commodity, aproveitando a boa janela de preços, ajudou o mercado a se segurar um pouco, após ter batido a máxima de quatro anos e meio na semana passada.

Em Nova York, o açúcar bruto, fechou estável apenas no lote outubro/21, contratado a 19,58 centavos de dólar por libra-peso. Os demais contratos fecharam valorizados. O vencimento março/22 foi comercializado a 20,29 cts/lb, 4 pontos a mais do que as cotações de sexta-feira (20). Nos demais lotes a alta oscilou entre 6 e 21 pontos.

Operadores disseram à Reuters que usinas da Índia aproveitaram a recente alta nos preços para fazer vendas de exportação, principalmente após indicações do governo do país de que os subsídios às exportações deverão ser retirados a partir de outubro.

"O mercado bateu em uma muralha de vendas indianas", disse a corretora Marex em uma atualização de mercado, acrescentando que novas vendas podem diminuir devido à falta de compradores, destacou a matéria da Reuters assinada pelos jornalistas Marcelo Teixeira e Nigel Hunt.

Outra análise trazida pela Agência Internacional de Notícias é de que a consultoria Archer disse que as usinas brasileiras reduziram a fixação de preços na ICE para a temporada 2022/23 em meio a preocupações com o tamanho da safra do ano que vem.

Açúcar branco

Em Londres o açúcar branco fechou em leve queda nas duas primeiras telas, negociado a US$ 479,10 e US$ 496,10 a tonelada, respectivamente, baixa de 4,40 dólares e 40 cents de dólar. Os demais contratos fecharam valorizados entre 40 cents e 5 dólares.

Açúcar cristal

No mercado doméstico a segunda-feira foi de alta no Indicador Cepea/Esalq da USP para o açúcar cristal. Ontem as usinas negociaram o adoçante a R$ 134,43 a saca de 50 quilos, contra R$ 133,41 a saca praticada na sexta-feira (20), valorização de 0,76% no comparativo entre os dias.

Etanol hidratado

Pelo Indicador Diário Paulínia o etanol hidratado fechou pelo quinto dia seguido em queda nesta segunda-feira, negociado a R$ 3.215,00 o m³, contra R$ 3.220,00 o m³ praticado na sexta-feira, desvalorização de 0,16% no comparativo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.