Convênio vai beneficiar lavoura cacaueira do Espírito Santo

Agronegócio

Convênio vai beneficiar lavoura cacaueira do Espírito Santo

Termo de Cooperação tem como objetivo desenvolver ações conjuntas para a renovação da lavoura cacaueira dentro das ações do Plano Emergencial de Recuperação da Atividade
Por: -Janice
205 acessos
Os cacauicultores capixabas podem comemorar. Um termo de Cooperação Técnica foi assinado por entidades ligadas ao setor agrícola e tem como objetivo desenvolver ações conjuntas para a renovação da lavoura cacaueira dentro das ações do Plano Emergencial de Recuperação da Atividade.

Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do ES (Faes), Julio Rocha, a união entre as instituições é fundamental para que a cultura cacaueira capixaba se fortaleça. “Esse acordo é um grande passo para o setor e vai possibilitar o aumento da produção e qualidade da fruta produzida em solo capixaba”, explica.

Mais de mil produtores de cacau serão beneficiados com o convênio. A estimativa é que em 2010 a produção seja de aproximadamente 13 mil toneladas, segundo dados da Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca do ES (Seag). Cada parceiro do projeto tem funções específicas nas ações desenvolvidas. Além da Seag, assinam o termo, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/ES), Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), Associação dos Cacauicultores de Linhares (Acal) e Prefeitura de Linhares. As informações são da assessoria de imprensa da Federação da Agricultura e Pecuária do ES (Faes),.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink