Cotações do suíno atinge novas máximas
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Embrapa - MORÉS, Nelson

DEMANDA FINAL

Cotações do suíno atinge novas máximas

Menor oferta de animais para abate no mercado interno impulsionou os valores do animal vivo
Por: -Aline Merladete
312 acessos

 A combinação de aquecimento da demanda final, devido ao período de início de mês, e de menor oferta de animais para abate no mercado interno impulsionou os valores do animal vivo e da carne nas regiões acompanhadas pelo Cepea. Esses valores, por sua vez, renovaram as máximas nominais.

Colaboradores do Cepea indicam que as consecutivas altas nos preços do animal e da carcaça dificultam o repasse aos preços dos cortes. Vale lembrar que a renda da população está comprometida diante da crise gerada pela pandemia de coronavírus, limitando a demanda.

*Informações do Cepea.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink