Cresce a demanda por profissional de TI no agro
CI
Imagem: Pixabay
TECNOLOGIA

Cresce a demanda por profissional de TI no agro

Hoje, 84% dos agricultores brasileiros usam pelo menos uma tecnologia como ferramenta de suporte
Por: -Aline Merladete

Com avanço da digitalização na agricultura, programadores são essenciais para o desenvolvimento de soluções tecnológicas que otimizam operações e resolvem problemas do campo. Agrônomo, zootecnista, técnico em agropecuária… Essas e outras profissões tradicionais do agronegócio têm cada vez mais dividido espaço com novas ocupações tecnológicas, como as dos programadores. Responsáveis pela criação de softwares e aplicações a partir de instruções específicas dadas ao computador por meio de uma linguagem própria — a linguagem de programação —, esses profissionais são essenciais para que tecnologias como agricultura de precisão e automação de máquinas cheguem aos campos. 

Hoje, 84% dos agricultores brasileiros usam pelo menos uma tecnologia como ferramenta de suporte, segundo pesquisa publicada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Para Tarcísio Mello, gerente de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da divisão de Agricultura da Hexagon, com a popularização de inovações tecnológicas e a ampliação da conectividade rural, essa transformação deve avançar ainda mais. Nesse contexto, é justamente o programador que servirá como elo técnico capaz de desenvolver soluções de acordo com as necessidades dos produtores e gestores rurais.

"As agtechs hoje desenvolvem um importante papel de inovação no setor do agronegócio. Focadas em inovação, essas empresas trazem para o campo tecnologias que estão em alta hoje em outras áreas, como Big Data e Inteligência Artificial. O emprego dessas novas tecnologias auxiliam o produtor na análise e tomada de decisão para obter um melhor aproveitamento e rentabilidade do seu negócio", salientou Guilherme Melo, Especialista em Gestão de Projetos de TI e programador do Portal Agrolink.

De acordo com os dados divulgados pela assessoria, com a importância histórica da agricultura para a economia do país, há cada vez mais investimentos focados na pesquisa e no desenvolvimento de novas tecnologias para o setor. Em diversas empresas consolidadas e startups — as chamadas agtechs —, os conhecimentos agronômicos se unem aos da computação para gerar soluções para os problemas do campo. 

Há diversas oportunidades e demandas do agronegócio que ainda não foram supridas. É um setor em que a tecnologia tem grande potencial de crescimento e onde cada melhoria traz grandes benefícios para os clientes”, comenta. Economia, produtividade e sustentabilidade, por exemplo, são alguns deles.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.