Crescem taxas de utilização de sementes certificadas de soja, milho e algodão
CI
Agronegócio

Crescem taxas de utilização de sementes certificadas de soja, milho e algodão

Culturas apresentaram resultados recordes
Por:
Principais culturas do País apresentaram novos resultados recordes no uso de sementes legais

Soja, milho e algodão, as principais culturas agrícolas do País, apresentaram taxas recordes de utilização de sementes certificadas, de acordo com o Anuário da Associação Brasileira de Sementes e Mudas (ABRASEM), que foi divulgado durante o World Seed Congress, que aconteceu no Rio de Janeiro. Em relação a safra 11/12, as sementes legais de soja aumentaram de 64% para 67%, as de milho de 87% para 91% e as sementes de algodão de 51% para 55%. Os números são consolidados a partir de um controle das entidades estaduais associadas à ABRASEM.
 
Além dessas culturas, houve crescimento nas taxas de utilização das sementes de centeio, trigo, triticale, feijão, arroz irrigado. Houve queda nas sementes certificadas de sorgo e cevada. “O aumento da taxa de utilização de sementes dentro da legalidade é um reflexo da conscientização dos produtores pelo uso das sementes com qualidade, procedência e sanidade”, comemora Narciso Barison Neto, presidente da entidade. Para ele, o aumento recorde nas taxas das sementes de soja, milho e algodão também é um reflexo da opção do agricultor pelo uso da tecnologia nas lavouras.
 
O Anuário da ABRASEM desse ano ainda traz novidades, com artigos sobre os mais variados temas de relevância para o setor de sementes, escritos por membros da Associação, que têm conhecimento no assunto. Entre os principais temas estão as queixas sobre a quarentena de sementes brasileiras no Brasil, o papel da International Seed Federation como facilitadora do comércio internacional de sementes, propriedade intelectual, leis de proteção e forrageiras, e outros.
 
Sobre o World Seed Congress
 
 O Congresso Mundial de Sementes reúne as principais autoridades do setor de sementes do mundo. O espaço é aberto para discussões sobre temas relevantes do setor e negociações de compra e venda de sementes. Este ano, estiveram presentes mais de 75 países, entre Brasil, Estados Unidos, França, China, Austrália, Itália, Egito, entre outros. O evento ocorreu de 26/06 até 28/6, no Windsor Barra Hotel, no Rio de Janeiro, Barra da Tijuca.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink