Criador de gado busca por tecnologias avançadas para reduzir seus custos de produção
CI
Agronegócio

Criador de gado busca por tecnologias avançadas para reduzir seus custos de produção

Embrapa disponibiliza sistema de biotelemetria para rebanho
Por:

No Brasil são adotados alguns sistemas de criação de gado: confinamento, semiconfinamento e a pasto. Mas o grande gargalo de todo produtor é o custo para manter o animal. Em torno de 70% de todo valor gasto é destinado à alimentação. Há diversas tecnologias no agronegócio para facilitar o manejo, reduzir os custos e, principalmente, fazer com que o negócio seja rentável.

No setor, criadores tem comentado com frequência sobre a pecuária de precisão que pretende, por meio de mecanismos inteligentes, otimizar a produção e reduzir custos através de mecanismos. Dentre as tecnologias, a Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - disponibilizou um chip que armazena as características do gado, além de rastrear todas as atividades realizadas pelo animal. Este sistema é conhecido como biotelemetria que, com implantes eletrônicos acionados à distância, emitem um sinal eletromagnético com sua numeração. Esse sinal é recebido por um sistema de computação que confere rapidamente a presença do animal naquele rebanho.

Esta tecnologia engloba o conceito da instrumentação biomédica, que permite a transmissão de informações fisiológicas a partir de uma localização, geralmente inacessível, para um local remoto de monitoramento, sempre por meio de técnicas de microinstrumentação. As etiquetas eletrônicas são ativadas a distância por transmissores-receptores que usam um princípio de pulso-eco. Esse método é usado para a identificação de bovinos, e sua transmissão só ocorre em resposta a um estímulo prévio, ou seja, a identificação por radiofrequência (RFID) – o mesmo utilizado nos pedágios “sem parar”.

 A Embrapa também tem desenvolvidos softwares de alta tecnologia para auxiliar na agricultura de precisão. O mais recente foi o Veículos Aéreos Não Tripulados (VANTs conhecidos como drones). Eles são capazes de auxiliar o produtor durante todo o processo de plantio, cultivo e colheita, além de analisar a fertilidade do solo. 

Diante deste cenário, que a cada dia necessita de novas tecnologias, a Casale criou o Feeder SC – equipamento de alta tecnologia exclusivo no Brasil e no Mundo – desenvolvido para a suplementação alimentar (ração ou proteinado) de gado a pasto ou em sistema de semiconfinamento. Os objetivos principais desta novidade é facilitar o manejo do criador, levando a ração até ao cocho ou piquete, evitar desperdício de alimentos e, consequentemente, economia para o pecuarista. A máquina pode transportar até 3 toneladas de carga.

 


 
O equipamento dispõe de diversos diferenciais como: sistema de pesagem com GPS incluso e um software desenvolvido para monitorar o abastecimento e o consumo em todos os locais de distribuição, mais conhecido como ‘pecuária de precisão’. Esta tecnologia tem a capacidade de armazenar todos os dados durante o período de trabalho, sendo uma excelente ferramenta para o gerenciamento da atividade com precisão”, explica o diretor presidente da Casale, Celso Casale.
 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink