Culturas que favorecem a presença de insetos são benéficas

PROJETO

Culturas que favorecem a presença de insetos são benéficas

Essas mesmas coberturas e limites agrícolas funcionam como um elemento de conexão entre os principais habitats
Por: -Leonardo Gottems
207 acessos

O projeto LIFE 'Estepas de La Mancha', da Espanha, visa conter a perda de populações de estepes com a ajuda de agricultores, pastores e caçadores e, desde a sua criação, criou mais de 16 quilômetros de cercas vivas nas fronteiras agrícolas e mais de 5 hectares de áreas florestais. Essa vegetação favorece precisamente a presença de insetos benéficos para o cultivo que, além de contribuir para a polinização de leguminosas e árvores frutíferas, podem ser utilizados pelas estepes como fonte de proteína animal necessária para essas aves, principalmente, na época de reprodução. 

Dentre os benefícios agronômicos das sebes, como são chamadas essas cercas, destaca-se que elas diversificam a paisagem e fornecem habitats relevantes para plantas e animais benéficos, promovendo locais de sombra e nidificação para diversas aves. As sebes também ajudam a reduzir a erosão do solo, reduzem os efeitos prejudiciais dos ventos frios e quentes, impedindo também a propagação de plantas exóticas invasoras e, por sua vez, servem como barreiras para evitar desvios de pesticidas. 

Essas mesmas coberturas e limites agrícolas funcionam como um elemento de conexão entre os principais habitats (áreas de matagal, áreas de pousio) e culturas. Da mesma forma, ilhas de vegetação ou florestas (grupo de árvores ou arbustos agrupados no meio do campo), são elementos que promovem a disseminação da biodiversidade na área cultivada. 

No âmbito do projeto LIFE 'Estepas de La Mancha', essas sebes, cujas plantas foram produzidas em viveiros do Governo Regional de Castilla-La Mancha, estão distribuídas em mais de dez municípios de La Mancha entre as províncias de Ciudad Real, Cuenca e Toledo e, além disso, tiveram o apoio direto de quase 30 agricultores, associações de agricultores e caçadores. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink