Cycloar apresenta exaustor natural para silos e armazéns
CME MILHO (SET/20) US$ 3,170 (-23,61%)
| Dólar (compra) R$ 5,23 (0,35%)


Agronegócio

Cycloar apresenta exaustor natural para silos e armazéns

3% dos grãos são perdidos dentro das unidades de armazenagem
Por:
3185 acessos
Cerca de 3% do total de grãos colhidos são perdidos dentro das unidades de armazenagem, fato que é considerado “normal” entre todos que operam estes equipamentos. Fazendo as contas, isto pode significar uma redução nos lucros na ordem de R$ 215 mil em um total de 150 mil sacas armazenadas. 

 A perda de grãos dentro de silos e armazéns é causada por mofo, deterioração e germinação dos grãos na camada que fica no topo da pilha de grãos e nas laterais dos silos. O fato acontece por que os equipamentos de armazenagem são feitos com chapa de aço, produto que sofre aquecimento e esfriamento, conforme está o clima na região. O efeito que o calor provoca é de forte aumento na temperatura do ar interno dos silos e armazéns. Pela variação climática (noite / dias frios) a cobertura e laterais dos silos esfriam, ocorrendo o choque térmico interno com formação da condensação, umedecendo os grãos que estão em contato com a lateral do silo e o gotejamento na camada superior da massa de grãos, provocando a deterioração, mofo e outros problemas. 

A experiência trazida da área industrial permitiu a Werner Uhlmann criar uma solução de aeração intensificada para as unidades de armazenagem. Depois de pesquisar por vários anos a dinâmica das temperaturas dentro dos silos, ele criou o Cycloar, um exaustor natural que é instalado no teto dos silos ou dos armazéns e que acaba em definitivo com os problemas que o calor interno destas instalações provocam nos grãos. 

O Cycloar é construído com dois cilindros estáticos, justapostos entre sí, e pela incidência do vento externo, causa um cicloneamento do ar no sentido horário (redemoinho) ocasionando a exaustão do ar com poluentes, reduzindo a temperatura interna dos silos e os problemas que o calor causa nos grãos. Conforme explica Werner a instalação deste equipamento traz como benefícios a eliminação da deterioração nas laterais dos silos e na camada superior, uniformidade de umidade da massa de grãos, inibe a proliferação de pragas/fungos, proporciona economia de energia elétrica em até 50% pois diminui a necessidade de estar com o equipamento de aeração ligado constantemente, afirma.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink