De Biasi investe em nova unidade
CI
Agronegócio

De Biasi investe em nova unidade

Num clima de euforia em relação às perspectivas de crescimento do consumo de álcool no País e no exterior
Por:

Num clima de euforia em relação às perspectivas de crescimento do consumo de álcool no País e no exterior, foi anunciada ontem a construção de uma nova usina na região noroeste do estado. Desta vez, será em Pongaí (SP), pequeno município às margens do rio Tietê, onde a família De Biasi, tradicional no ramo da pecuária, já adquiriu 36,3 mil hectares e deverá iniciar já a construção da usina, que a partir de 2007 estará moendo cerca de 500 mil toneladas de cana e de forma progressiva chegará a três milhões de toneladas até 2011. Esta será a segunda usina do Grupo De Biasi, que já produz 60 mil toneladas de açúcar por ano e 90 milhões de litros de álcool na Usina São José da Estiva, em Novo Horizonte (SP).

O diretor da usina, Roberto Rolland, explicou que a decisão de investir R$ 100 milhões para ampliar a capacidade de produção do grupo se deu com base na crença de que o consumo de álcool está em expansão e que deverá absorver toda a produção que o setor puder colocar no mercado. O Grupo De Biasi produz ainda bagaço de cana hidrolizado, levedura e melaço, ingredientes que compõem ração, em volume suficiente para engordar 30 mil cabeças de gado por ano. A nova usina inicialmente produzirá exclusivamente álcool e utilizará parte do bagaço resultante da moagem da cana para engodar gado, num sistema consorciado.

A unidade anunciada ontem se soma a outras 30 usinas que estão sendo construídas na região oeste do estado, num investimento estimado em R$ 12,5 bilhões até 2010. O diretor-presidente do Grupo J.Pessoa, José Pessoa Queiroz Bisneto, confirmou também o início das operações da Usina Everest, no município de Penápolis (SP), adquirida em meados do ano passado e ainda em fase de construção. O empresário também comprou outras duas usinas, o que permitirá moer 4.500 toneladas de cana, sendo 1.500 em cada unidade.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink