Evento

Delegados do Norte se reúnem para debaterem melhorias para a região

Uma das pautas levantadas no encontro foi a exposição do diagnóstico dos entraves da pecuária de corte e de leite na região
Por: -Carolina Gama
26 acessos

Terminou, nesta quarta-feira (29), o encontro de todas as Delegacias Federais do Desenvolvimento Agrário da região Norte. O evento teve início na última segunda-feira (27), em Manaus, e contou com as presenças dos representantes da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) da região, dois técnicos da Subsecretaria de Agricultura Familiar (SAF) e outro da Coordenação Nacional das Delegacias Federais (Condef).

Uma das pautas levantadas no encontro foi a exposição do diagnóstico dos entraves da pecuária de corte e de leite na região, além da realização de um levantamento das áreas degradadas no estado do Acre, do Amapá, do Amazonas, do Pará, de Rondônia, de Roraima e de Tocantins. De acordo com o representante da Sead no Pará, o delegado Andrei Castro, o intuito é atualizar as demandas do Norte. “O encontro foi muito positivo, apontamos algumas reivindicações e pedimos ações mais específicas para esses estados.”

O diretor de departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural da Subsecretaria de Agricultura Familiar (SAF), Rodrigo Venturin, explica como está sendo a construção de um plano de ação de identificação das demandas ligadas a agricultura familiar regional. “Primeiro fizemos um levantamento das informações da própria secretaria e de entidades ligadas a agricultura familiar regional. Agora estamos reunindo as delegacias da região para que com o conhecimento das realidades locais sejam niveladas, em parceria com os delegados, as ações de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) atuais e programadas para seus estados, além das ações ligados a Sead.” 

Venturin acrescenta que “diante da apresentação realizada pelos técnicos da Sead e da exposição das necessidades de cada estado apontados pelos delegados, queremos construir em conjunto, as demandas para suprir as necessidades específicas de cada região e a decisão de iniciarmos pelo Norte foi devido a uma demanda dos delegados que estão empenhados em potencializar as ações da pasta”.

O representante da Sead no estado do Amazonas, Silas Ayrton, destacou a importância do encontro. “É imprescindível mostrar a realidade de cada estado no segmento da produção da carne e leite, promover políticas públicas de Ater para qualificar a produção, bem como conscientizar quanto a degradação das áreas afetadas. Além disso, ficou definido com os representantes que a região Norte será contemplada com cursos de formação de Ater e também com chamadas públicas do segmento.” 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink