Desempenho do frango vivo na 4ª semana de abril

Frango

Desempenho do frango vivo na 4ª semana de abril

Frango vivo comercializado no interior paulista manteve a mesma cotação alcançada em 27 de março passado
Por:
23 acessos

Mesmo com o agravamento dos problemas de sobre oferta – decorrentes não apenas do baixo consumo, característica de todo final de mês, mas principalmente da queda que vem sendo observada nas exportações – o frango vivo comercializado no interior paulista manteve a mesma cotação alcançada em 27 de março passado – R$2,20/kg, valor que nesta segunda-feira, 30 de abril, irá completar 35 dias de vigência. 

Em outras palavras, repete-se em 2018 a mesma estabilidade observada em abril de 2017, mas com um preço médio à primeira vista 12% menor. À primeira vista – ressalte-se – porque as negociações efetivas do mês vêm sendo realizadas, na sua maior parte, por valor 20 centavos inferior ao da cotação vigente, o que significa que o frango vivo vale, nominalmente, 50 centavos menos que há um ano – queda, na realidade, de 20%.

Infelizmente, a próxima virada de mês (com a chegada da massa salarial) e, mesmo, a aproximação do Dia das Mães (tradicionalmente, momento de alto consumo) não devem alterar o panorama atual, que só deve começar a dar os primeiros sinais de reversão a partir da segunda-quinzena de maio.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink