Dia de Campo da Ciência recebeu mais de 300 alunos na terça-feira

Dia de Campo

Dia de Campo da Ciência recebeu mais de 300 alunos na terça-feira

Mais de 1300 alunos de 5º e 6º ano de escolas de Concórdia e região passarão pelas estações do conhecimento em três dias de evento
Por:
7 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

Como a ciência pode contribuir com a redução das desigualdades? Onde está a ciência no diálogo e na cooperação? É possível descobrir como a pesquisa e a ciência atuam na redução das desigualdades? Estas e outras perguntas estão sendo respondidas durante a quarta edição do Dia de Campo da Ciência, que iniciou nesta terça-feira, dia 16, na Embrapa Suínos e Aves, em Concórdia/SC. Mais de 1300 alunos de 5º e 6º ano de escolas de Concórdia e região passarão pelas estações do conhecimento em três dias de evento. No primeiro dia, nos dois turnos - manhã e tarde, foram recebidos 320 alunos, de 12 escolas.  

O objetivo do evento é mostrar a ciência presente no dia-a-dia de toda a sociedade de uma maneira mais dinâmica, em forma de estações, levando em conta o tema proposto pela Semana Nacional de Ciência e Tecnologia - SNCT. "A cada ano é um novo desafio e nos mobilizamos para mostrar como a ciência realmente está presente na nossa vida, especialmente em temas que não exploramos no dia a dia, como a redução das desigualdades por exemplo", explicou a chefe geral da Unidade, Janice Zanella, que é uma das incentivadoras do evento. "Ficamos muito felizes em receber os alunos aqui, na nossa casa, e contribuir com a disseminação da ciência".

A realização do evento é da Embrapa Suínos e Aves que conta com a parceria do Consórcio Lambari, Comitê do Rio Jacutinga e Contíguos, Centro de Divulgação Ambiental Usina Hidrelétrica Itá - CDA e Equipe Co-Gestora do Parque Estadual Fritz Plaumann - ECOPEF. O evento neste ano também conta com o apoio do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa e Desenvolvimento Agropecuário - SINPAF (Seção Local), da Copérdia e do Laboratório Cedisa.

A dinâmica do Dia de Campo da Ciência ocorre por meio de cinco estações que abordam as temáticas de laboratório, suinocultura e avicultura e meio ambiente. Na estação da  Ciência no Laboratório, de responsabilidade da Embrapa Suínos e Aves, as técnicas de laboratório estão mostrando alternativas de captação e tratamento da água da chuva, com foco em técnicas de laboratório. Na Ciência na Avicultura e Suinocultura, também da Embrapa Suínos e Aves, os alunos conhecem como o trabalho de pesquisa oportunizou que produtores tenham acesso a genéticas de bom desempenho a preços acessíveis.

Nas estações da Ciência no Meio Ambiente as abordagens estão divididas em três temas. A equipe do Consórcio Lambari está trabalhando com uma dinãmica voltada para a Cooperação para o combate às desigualdades. Já a equipe do CDA - Itá está mostrando uma Triha ecológica como espaço para a diversidade e a ECOPEF e Comitê do Rio Jacutinga, com alunos do curso de Psicologia, estão atuando no Diálogo para a redução da desiguladade.

O Dia de Campo da Ciência vai até dia 18 e deve receber mais de 30 escolas. No facebook da Embrapa Suínos e Aves podem ser conferidas entrevistas, que estão sendo transmitidas ao vivo, fotos e vídeos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink