Dia de mercado da maçã, em Santa Catarina, debate gestão de preços no mercado mundial
CI
Agronegócio

Dia de mercado da maçã, em Santa Catarina, debate gestão de preços no mercado mundial

O pomicultor Walace Miranda, 57 anos, é conhecido pelo seu pomar de maçã na cidade de Toledo, PR, com produção de 10 toneladas por safra.
Por:

O pomicultor Walace Miranda, 57 anos, é conhecido pelo seu pomar de maçã na cidade de Toledo, PR, com produção de 10 toneladas por safra. Sua mercadoria, muitas vezes, sequer chega à Central de Abastecimento (Ceasa). Com frequência, a vizinhança compra na porta de sua propriedade. “Tem gente que corre aqui para pedir frutas fresquinhas para levar para casa”, gaba-se. Apesar do sucesso de produção e venda, o produtor ainda tem muitas dificuldades em estabelecer preços e avaliar o impacto que a concorrência tem na sua produção.

Para informar e esclarecer mais os pomicultores, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com a Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (FAESC) e a Associação Brasileira dos Produtores de Maçã (ABPM), realiza nesta sexta-feira (29), em Fraiburgo (SC), o evento Dia do Mercado da Maçã. O objetivo é levar informações técnicas e gerenciais aos fruticultores para que possam otimizar custos e investimentos.

Um dos convidados do evento é o professor da Universidade Federal de Lavras (UFLA), Luiz Gonzaga, que vai falar sobre a gestão de preços no mercado mundial da maçã. Em sua palestra, o professor abordará a relação do consumo e o Produto Interno Bruto (PIB), a demanda versus oferta e o preço em relação à concorrência mundial. “Hoje a maçã é uma das frutas mais consumidas no mundo. No Brasil, a produção é apenas para o consumo, 1,3 milhão de toneladas”, observa. E acrescenta: “A China produz 43 milhões de toneladas e consome 39. O restante é importado por vários países, entre eles o Brasil. Isso pode causar impacto negativo para os produtores”.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em parceria com a Federação da Agricultura do Estado de Santa Catarina (FAESC) e a Associação Brasileira dos Produtores de Maçã (ABPM), realiza nesta sexta-feira, 29/04, em Fraiburgo (SC), o evento Dia do Mercado da Maçã. O objetivo é levar informações técnicas e gerenciais aos fruticultores para que possam otimizar custos e investimentos.

O Brasil tem mais de quatro mil produtores de maçã que produzem 1,3 milhão de toneladas em 36,2 mil hectares. A região Sul é a maior produtora da fruta no Brasil. O faturamento anual com a comercialização in natura é de R$ 2,1 bilhões. A atividade no país gera 58 mil empregos diretos e outros 137 mil indiretos.

Serviço
Evento: Dia de Mercado da Maçã
Data: 29 de abril
Horário: 9h às 16h
Local: Avenida Lebon Régis, s/n – São José, Fraiburgo, SC.
Inscrições: Podem ser feitas no e-mail: cna.campofuturo@cna.org.br ou pelos telefones (49) 3246 2686


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink