Dólar prejudica agricultores do Paraguai
CI
Imagem: Divulgação
VIZINHOS

Dólar prejudica agricultores do Paraguai

A área cultivada de soja no Paraguai pode aumentar 2,8%
Por: -Leonardo Gottems

Os agricultores paraguaios não se saíram tão bem como os brasileiros nesta safra de 2019/2020, segundo informações da Soybean & Corn Advisor. Isso porque grande parte do comércio agrícola no Paraguai é realizado em dólares. Portanto, com um dólar forte, os preços domésticos locais de grãos não se sustentaram devido à desvalorização da moeda. 

A área cultivada de soja no Paraguai pode aumentar 2,8% em 2020/2021 e a área cultivada de milho pode aumentar aproximadamente 3,0%. Eles não plantam muito milho no Paraguai e muito do que fazem é a produção de safrinha depois da soja. Portanto, se a área cultivada de soja aumentar, ela oferecerá automaticamente um potencial para mais área cultivada com milho safrinha. 

A área cultivada com soja no Paraguai 2020/2021 é estimada em 3,6 milhões de hectares, um aumento de 0,1 milhão de hectares em comparação com os 3,5 milhões de hectares plantados em 2019/2020 ou 2,8%. A produção de soja 2020/2021 no Paraguai é estimada em 10,2 milhões de toneladas ou 0,3 milhão de toneladas a mais do que os 9,9 milhões de toneladas atualmente estimados para a safra 2019/2020. 

A área cultivada com milho no Paraguai 2020/2021 é estimada em 0,82 milhões de hectares, um aumento de 3% em relação ao ano passado. A produção de milho no Paraguai 2020/2021 é estimada em 4,2 milhões de toneladas, um aumento de 0,2 milhão de toneladas ou 5% em relação ao ano passado. 

“Os agricultores do Paraguai começam a plantar o milho de estação completa tão cedo quanto o tempo permitir, de modo que o plantio de milho pode começar durante a segunda quinzena de agosto e terminar em outubro / novembro. Os agricultores do Paraguai podem começar a plantar a soja o mais rápido possível. Eles podem começar a plantar até o final de agosto ou início de setembro e o plantio de soja geralmente é concluído no final de novembro”, conclui a consultoria. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink