Dow alerta sobre os riscos à saúde com o uso do glutaraldeído falsificado

Agronegócio

Dow alerta sobre os riscos à saúde com o uso do glutaraldeído falsificado

O produto pode ser utilizado nos segmentos hospitalar, petrolífero e veterinário
Por:
1336 acessos

O controle microbiano é fundamental em diversas áreas do mercado e extremamente importante para a saúde e bem estar de todos. O glutaraldeído é um biocida utilizado para desinfecções de alto nível de equipamentos médicos, para controle industrial em campos petrolíferos, em produtos cosméticos e couro, e em desinfecção de instalações de aves e suínos.  Porém, muitos fabricantes têm falsificado a fórmula do produto e o vendido como original. De maneira preventiva, a área de Controle Microbiano da Dow reforça a campanha denominada “Glutaraldeído Verdadeiro”, como forma de chamar à atenção para os benefícios do produto verdadeiro em detrimento das opções falsificadas.
 
Gluteraldeído 1A Dow é uma das duas únicas empresas que detém a tecnologia de processos para produzir glutaraldeído em escala comercial. Por essa razão, a companhia incorporou selos especiais em vários idiomas para produtos à base de glutaraldeído autêntico, visando diferenciá-los da substância falsificada - que apresenta formaldeído em sua composição. Outra forma de identificar se o produto está adulterado é a observação de características como cor e textura.
 
Por compartilharem o nome da família química dos aldeídos, é comum que o glutaraldeído seja confundido com o formaldeído. No entanto, as propriedades químicas e toxicológicas das duas substâncias são significativamente diferentes e, sem conhecimento adequado do produto, os usuários podem ser expostos, sem saber, a esse formaldeído. Os efeitos da exposição excessiva e prolongada ao formaldeído estão associados à irritação do trato respiratório, cânceres de pele e olhos, além de danos ao meio ambiente.

O produto “verdadeiro” é prontamente biodegradável, o que significa que se decompõe em moléculas mais simples, incluindo dióxido de carbono e água, por meio da ação natural do oxigênio, luz do sol, bactérias e calor.
 
O glutaraldeído foi produzido comercialmente pela primeira vez em 1951 e oferece uma série de importantes benefícios de controle microbiano que foram confirmados durante seis décadas de uso.  Nesses 60 anos, o glutaraldeído verdadeiro tem proporcionado controle microbiano eficaz e seguro, contribuindo para proteção contra doenças em animais e humanos, diminuição de desperdício em produtos manufaturados e prevenção de interrupções em processos industriais.
 
Características do glutaraldeído genuníno
  •  Não contém, nem se degrada em formaldeído.
  • Não é classificado como carcinógeno.
  • É utilizado com maior frequência em solução aquosa com a concentração variando de 50% a menos de 1%.
  • Foi classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um desinfetante eficaz contra o vírus da gripe aviária. 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink