Edição genética é a “próxima” revolução agrícola
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,650 (0,50%)
| Dólar (compra) R$ 5,55 (0,74%)


ESPECIALISTAS

Edição genética é a “próxima” revolução agrícola

Esse é o panorama afirmado por dois estudiosos
Por: -Leonardo Gottems
901 acessos

Usando modernas tecnologias de edição de genes para aprender sobre as ideias-chave de revoluções agrícolas passadas, dois cientistas de plantas sugerem que a próxima revolução agrícola poderia estar relacionada à edição genética aplicada a alguns hormônios-chave no crescimento e no florescimento de os cultivos. 

O professor do Laboratório Cold Spring Harbor (CSHL), Zach Lippman, pesquisador do Instituto Médico Howard Hughes, fez uma parceria recente com Yuval Eshed, especialista em desenvolvimento de plantas do Instituto Weizmann de Ciência em Israel, para resumir os estados atuais e futuros da ciência das plantas e da agricultura. Sua revisão, publicada na Science, mostra exemplos dos últimos 50 anos de pesquisa biológica e destaca as principais mutações e modificações genéticas que impulsionaram revoluções agrícolas do passado. 

Isso inclui modificar os sinais de floração de uma planta para ajustar o rendimento, desenvolver plantas que possam tolerar mais fertilizantes ou climas diferentes e introduzir sementes híbridas para melhorar o crescimento e resistir a doenças. Alterações benéficas como essas foram descobertas pela primeira vez por acaso, mas a genômica moderna revelou que a maioria delas está enraizada em dois sistemas hormonais centrais, o hormônio florgênico, que controla a floração e gibbelerins, que influenciam a altura do caule. 

Lippman e Eshed sugerem que em uma era de edição genética rápida e precisa, as próximas revoluções não precisam esperar por descobertas casuais. Em vez disso, ao introduzir uma ampla variedade de culturas nas mudanças desses sistemas centrais, o cenário pode ser definido para superar qualquer número de desafios modernos. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink