Elegê registra alta de 6,5% no faturamento com a crise da Parmalat
CI
Agronegócio

Elegê registra alta de 6,5% no faturamento com a crise da Parmalat

Por:

A concorrente da Parmalat, a gaúcha Elegê, faturou R$ cerca de R$ 777,7 milhões em 2003, um aumento de 6,5% em relação ao ano anterior (R$ 730,2 milhões). Os números foram ontem (05-02) divulgados na Bovespa. A empresa diz ser a quarta maior do setor de laticínios do país. Com esse desempenho, a Elegê contribuiu no ano passado com 36,4% do faturamento (R$ 2,1 bilhões) da sua dona, a Avipal.

Em 2003, esse grupo gaúcho, que atua também nos segmentos de carnes e grãos, lucrou R$ 2,08 milhões. No ano anterior, a empresa tinha registrado um prejuízo de R$ 882 milhões. No ano passado, a Elegê recebeu 649,5 milhões de litros de leite para industrializar em cinco fábricas no Rio Grande do Sul. A empresa é dona também das marcas Santa Rosa e Dobon. Em 2003, as ações da Avipal acumularam alta de 45,5% na Bovespa. O grupo emprega 8.188 funcionários.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink