Em seis meses, preço do arroz aumenta 42,7% em Santa Cruz
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
AGRICULTURA

Em seis meses, preço do arroz aumenta 42,7% em Santa Cruz

De acordo com o Cepe, o aumento do valor da cesta básica no município, neste mesmo período, foi de 12,50%
Por:

O preço do arroz em Santa Cruz aumentou nada menos do que 42,7% nos últimos seis meses. É o que aponta o novo levantamento do Centro de Estudos e Pesquisas Econômicas (Cepe) da Unisc. Segundo o estudo, que estava interrompido desde março devido às restrições impostas pela pandemia, a variação no custo da cesta básica no município entre 3 de março e 17 de setembro foi de 12,50%. Passou de R$ 390,82 para R$ 439,69, um recorde histórico. Dos 13 produtos pesquisados, apenas o café registrou uma pequena redução (-0,16%), enquanto os demais ficaram mais caros.

Além do arroz, as maiores variações de preço foram verificadas em produtos como leite natural (41,6%), feijão preto (39,1%) e tomate (27,1%). Outro produto que contribuiu para o aumento é a carne bovina, com alta de 5%. No acumulado do ano, a elevação da cesta básica chega a 4,01%; no comparativo de 12 meses, está 24,06% mais cara do que em setembro de 2019 – uma elevação na ordem de R$ 85,28.

O relatório do Cepe também destaca a redução da oferta de alguns produtos, com menor número de marcas disponíveis nas gôndolas, bem como limites de venda para determinadas mercadorias, como arroz e leite tipo C.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink