Emater/RS-Ascar contribui para restauração do Bioma Pampa
CI
Imagem: Arquivo
AGRICULTURA

Emater/RS-Ascar contribui para restauração do Bioma Pampa

No dia 17 de dezembro é comemorado o Dia Nacional do Bioma Pampa
Por:

No dia 17 de dezembro é comemorado o Dia Nacional do Bioma Pampa, data escolhida como homenagem ao nascimento do ambientalista José Antônio Lutzenberger. O Pampa é o Bioma que ocorre exclusivamente no território gaúcho, no Brasil, e se entende pelo Uruguai e Argentina.

A importância do Pampa para os gaúchos vai além da questão ambiental, são nos campos deste Bioma que o gaúcho constrói sua identidade cultural e realiza uma das principais atividades econômicas do Estado, a pecuária. É o único Bioma brasileiro em que a atividade produtiva é essencial para sua manutenção, onde o gado tem um papel fundamental na manutenção da diversidade campestre do Pampa. Porém hoje o Bioma é considerado o mais degradado e menos protegido do país.

Entre as diversas atividades comemorativas pela data, a Emater/RS-Ascar foi convidada a participar do evento virtual. A restauração dos campos no bioma Pampa organizado pela Rede Campos Sulinos. Juntamente com pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e Embrapa, representantes da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema/RS), Ibama e Save Brasil, a extensionista rural do Núcleo de Projetos da Gerência de Captação de Recursos da Emater/RS-Ascar, Thais Michel, apresentou as principais ações realizadas pela instituição sobre o tema conservação e restauração da campo nativo, como os resultados do projeto RS Biodiversidade e o andamento dos Projetos Manejo Conservacionista em Campo Nativo por Meio de Pastoreio Rotativo em Estabelecimentos da Pecuária Familiar do RS e  Restauração Ecológica na APA do Ibirapuitã: Integração social e científica para a conservação e sustentabilidade do bioma Pampa.

A Emater, por meio da Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters), orienta e estimula o desenvolvimento econômico sustentável da atividade pecuária, assim como o manejo conservacionista e a restauração das áreas campestres degradas no Bioma Pampa, principalmente em propriedades de pecuária familiar, destaca Thais.

Segundo o gerente de Captação de Recursos e Projetos, Guilherme Godoy dos Santos, os projetos executados no Bioma Pampa são estratégicos para a Instituição, pois apresentam aspectos sociais, ambientais e produtivos únicos para este Bioma e convergem diretamente com os pilares orientadores do trabalho de Extensão Rural propostos pela Emater.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink