Embrapa apresenta opções para MT de plantas de cobertura
CI
Agronegócio

Embrapa apresenta opções para MT de plantas de cobertura

Dia de campo acontece no próximo dia 17
Por:
No próximo dia 17, produtores, agentes da assistência técnica e extensão rural, estudantes e profissionais ligados à atividade agropecuária terão a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre opções de plantas de cobertura, de adubos verdes e de plantas forrageiras disponíveis para os sistemas produtivos utilizados em Mato Grosso. Estes serão alguns dos temas apresentados durante o 2º Dia de campo da Embrapa Agrossilvipastoril, que abordará, ao longo de sete estações, diferentes questões ligadas à integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF).

Em uma das estações, os pesquisadores Sílvio Spera e Eduardo Matos apresentarão plantas de cobertura e adubos verdes recomendados para as condições naturais matogrossenses. Entre as espécies abordadas estarão gramíneas já incorporadas à agricultura local, como milheto e o consórcio do milho com a Brachiaria ruzizienses, além de leguminosas que ajudam na fixação de nitrogênio no solo como feijão-caupi, crotalária, guandu e labe-labe (também conhecido como orelha de padre).

“As plantas de cobertura, as gramíneas principalmente, já têm certa indicação aqui na região, já fazem parte dos sistemas. Os adubos verdes, por sua vez, que também são plantas de cobertura, serão apresentados como opções, principalmente para sistemas de produção em pequenas propriedades”, explica o pesquisador da Embrapa Agrossilvipastoril, Sílvio Spera.

Além de acompanharem a explicação dos pesquisadores, os participantes do dia de campo terão a oportunidade de verem no campo todas as espécies que serão apresentadas.

Forrageiras

No 2º Dia de campo da Embrapa Agrossilvipastoril também haverá uma estação sobre plantas forrageiras. Em meio ao campo agrostológico, onde estão plantadas mais de 20 espécies de plantas forrageiras, os pesquisadores Bruno Pedreira e Roberta Carnevalli apresentarão as características de cada espécie, bem como as diferentes opções que os produtores têm para a alimentação do gado, seja ele de leite ou de corte.
Segundo Bruno Pedreira a intenção é apresentar algumas plantas forrageiras que são opções de utilização para o estado de Mato Grosso.

“Vamos conversar sobre utilização, manejo, adubação e basicamente de que forma elas servem para o estado e como podemos utilizá-las dentro da atividade pecuária. E também focaremos em sistemas integrados de produção. Quais espécies funcionam e quais não funcionam nestes sistemas”, disse o pesquisador Bruno Pedreira.

Outros temas

Durante o 2º Dia de campo da Embrapa Agrossilvipastoril, os participantes ainda terão a oportunidade de acompanharem outros temas ligados à integração Lavoura-Pecuária Floresta. Entre os assuntos abordados estarão o consórcio milho com braquiária, espécies florestais e frutíferas como componentes da iLPF, cultivares de soja convencionais e tecnologias de produção de milho, sorgo, arroz e feijão.

O 2º Dia de campo da Embrapa Agrossilvipastoril terá início às 7h30. As inscrições são gratuitas e deverão ser feitas no local do evento. Confira aqui a programação completa do evento.
http://cpamt.sede.embrapa.br/a_unidade/eventos/2012/dia_decampo.pdf

Serviço:

2º Dia de campo da Embrapa Agrossilvipastoril
17 de fevereiro de 2012 – 7h30 às 12h
Embrapa Agrossilvipastoril – Rodovia MT-222, km 2,5 (2 km após a entrada do aeroporto)
Inscrições gratuitas e feitas no local
Informações: www.embrapa.br/cpamt

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.