Embrapa participa de encontro em Goiânia para discutir bioinsumos
CI
Imagem: Divulgação
EVENTO

Embrapa participa de encontro em Goiânia para discutir bioinsumos

Chefe Geral da Embrapa Arroz e Feijão, Elcio Guimarães, destacou a importância das parcerias
Por:

Os chefes-gerais da Embrapa Arroz e Feijão e da Embrapa Cerrados, respectivamente, Elcio Guimarães e Sebastião Pedro da Silva Neto, e a pesquisadora Gisele Vilela, da Embrapa Territorial, participaram em Goiânia (GO), no dia 14 de dezembro, de encontro, promovido pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com cerca de vinte representantes de instituições, órgãos e entidades ligadas ao agronegócio goiano. A reunião teve como objetivo discutir a estratégia geral do Programa Estadual de Bioinsumos, assim como buscar o compartilhamento inicial de ações.

O chefe-geral da Embrapa Arroz e Feijão, Elcio Guimarães, destacou na abertura da reunião que as instituições de investigação científica são responsáveis por pesquisar e desenvolver bioinsumos, mas, se não houver a participação de parceiros que atuem para levar adiante esses resultados, o trabalho pode não cumprir sua finalidade e alcançar os objetivos preconizados pelo setor produtivo. Elcio afirmou que todos os participantes ali presentes são importantes nessa empreitada, em especial, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento que liderou desde o início o processo de fomento ao Programa Estadual de Bioinsumos, aprovado em lei pela Assembleia Legislativa do Estado de Goiás em maio deste ano.

O secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça, disse em seu discurso de acolhimento aos participantes do encontro que os bioinsumos, e ainda o uso de remineralizadores, são a maior pauta em relação à produção sustentável não só em Goiás, mas no Brasil e no mundo. Para ele, trata-se de uma iniciativa que transcende uma ação governamental, pois requer a contribuição conjunta dos setores público e privado e que pode ser transformada em legado para futuras gerações. Para tanto, Tiago Mendonça pontuou que é preciso caminhar em consonância a pesquisa, a fabricação, a orientação de uso e o aprimoramento da legislação no que diz respeito aos produtos com componentes biológicos e que beneficiam a agropecuária.

Especificamente em relação à Embrapa, Tiago Mendonça ressaltou a presença da Empresa no evento. “Eu tenho muito orgulho de ter a Embrapa junto conosco para poder nortear esse trabalho. Vocês são a instituição de pesquisa do nosso país, vocês são as pessoas em quem nós confiamos”, comentou na abertura da reunião.

Além de representantes da Embrapa, estiveram na reunião integrantes da Associação Goiana de Produtores de Algodão; Associação Brasileira dos Produtores de Soja; Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária; Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação; Secretaria de Estado da Retomada; Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás; Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás; e Superintendência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, dentre outros.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.