Enzima de erva daninha pode ser usada para fazer vinho
CI
Imagem: Marcel Oliveira
DESCOBERTA

Enzima de erva daninha pode ser usada para fazer vinho

Planta é encontrada nas Américas
Por: -Leonardo Gottems

Cientistas da Southern Urals State University (SUSU), na Rússia, descobriram que o extrato de uma erva comum nativa da América do Sul, Bidens pilosa - também conhecida como dry love, masiquía, cadillo ou mozote - é uma fonte promissora de enzimas para a indústria vinícola e alimentar. Segundo os autores, é possível produzir alternativas vegetais mais baratas às caras enzimas usadas na produção de vinhos e queijos. O estudo foi publicado no International Journal of Scientific and Technology Research. 

No âmbito dos trabalhos do Laboratório Internacional de Síntese e Análise de Ingredientes Alimentares, os cientistas demonstraram que o extrato das folhas de Bidens pilosa acelera a degradação de proteínas, o que o torna adequado para a obtenção de compostos biologicamente ativos, como a tirosina, isolada por queijo primeiro em 1846, e entre as proteínas expressas por todos os organismos vivos. 

“Há uma longa tradição de uso de Bidens pilosa como planta medicinal. Devido ao seu predomínio, seu uso, em nossa opinião, é muito benéfico na vinificação e processamento do leite, em que o extrato de Bidens pilosa pode se tornar uma alternativa às enzimas animais utilizadas em muitos alimentos”, disse Irina Potoroko, chefe do Departamento de Tecnologia de Alimentos e Biotecnologia da universidade. 

Em experimentos, os pesquisadores mostraram que as folhas frescas de Bidens pilosa têm alta atividade de protease em uma solução tampão ácida de pH 4 (8,2567 × 10 -7 mM / mg / min) em comparação com uma solução tampão alcalina de pH 10 (5,15 × 10 -7 mM / mg / min) a 30 graus Celsius. Os cientistas conseguiram determinar as condições ideais para a atividade enzimática do extrato da folha, o que permite sua utilização em diversos processos tecnológicos. 

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink