Enzimas e um futuro promissor no setor farmacêutico
CI
Imagem: Pixabay
ESTUDO

Enzimas e um futuro promissor no setor farmacêutico

"As preparações enzimáticas também são uma parte importante dos produtos biológicos"
Por: -Leonardo Gottems

A indústria biofarmacêutica enfrenta oportunidades e desafios sem precedentes no ambiente econômico e político em mudança na China e em todo o mundo. Essa foi a síntese do primeiro Bioenzyme Applications Explorers Summit realizado em meados de outubro em Chengdu, China. 

O setor bioquímico farmacêutico, como um ramo da indústria biofarmacêutica, começou na China na década de 1970. Desde então, vem crescendo fortemente a ponto de hoje se tornar um dos três principais setores da indústria farmacêutica chinesa. 

"As preparações enzimáticas também são uma parte importante dos produtos biológicos", disse Wei Yuquan, membro da Academia Chinesa de Ciências e ex-vice-presidente da Universidade de Sichuan. “Existem mais de dois mil tipos de enzimas em nosso corpo. Eles são realmente uma grande máquina. Portanto, o desenvolvimento de enzimas como medicamento é muito promissor”. 

No entanto, em comparação com países estrangeiros,  as  enzimas industriais e a bioquímica de preparações farmacêuticas da  China  começaram tarde e têm uma base fraca. Além disso, as indústrias sofrem com investimentos insuficientes em P&D, desenvolvimento de produtos e recursos de aplicação deficientes, recursos de inovação técnica inadequados e a necessidade de melhorar a qualidade do produto, restringindo severamente o desenvolvimento da indústria bioquímica nesta nova era. 

"A comunidade de bioenzimas na  China  em nosso país não é suficientemente aberta em comparação com países estrangeiros, em termos de qualidade de produto e desenvolvimento de variedade", disse o Dr. Tang Can, professor de pós-graduação da Faculdade de Medicina de Chengdu. “Alguns países produziram muitos produtos que não ousamos imaginar. Portanto, pode haver uma certa lacuna entre a  China  e os países estrangeiros em termos de velocidade de desenvolvimento e qualidade das bioenzimas”. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.