Epamig anuncia data do Azeitech 2022
CI
Imagem: Divulgação
EVENTO

Epamig anuncia data do Azeitech 2022

Evento terá programação presencial e on-line
Por:

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) definiu as datas do Azeitech 2022. O evento, destinado ao debate de diversos temas relacionados à cadeia nacional da olivicultura, será apresentado em um formato expandido que contará com atividades presenciais e virtuais.

No dia 25 de março será realizado, no Campo Experimental de Maria da Fé, o 17º Dia de Campo de Olivicultura e 7ª Mostra Tecnológica, com programação voltada para os aspectos agronômicos, insumos e informações sobre a colheita e a extração de azeites. Já entre os dias 26 e 28 de abril, acontecem os painéis temáticos virtuais, ao vivo, com discussões sobre produção, mercado, consumo e qualidade dos azeites, que contarão com a participação de profissionais e especialistas do Brasil e de diversas partes do mundo.

"O Dia de Campo presencial é um momento importante onde a gente consegue reunir produtores, empresários, estudantes, técnicos e empresas de maquinários e insumos para o setor. Em março a gente está em plena safra, ou seja, as pessoas que participarem do evento terão a oportunidade de acompanhar dinâmicas de campo nos olivais, a colheita, o processamento e a extração do azeite de oliva", destaca o coordenador do Programa Estadual de Pesquisa em Olivicultura da Epamig, Luiz Fernando de Oliveira.

O pesquisador, que integra a Comissão Organizadora do evento, pondera que o avanço da vacinação e a redução de casos graves de Covid-19 têm possibilitado o planejamento da retomada dos eventos presenciais no ano de 2022. E, reitera que "a equipe segue acompanhando as orientações e decisões das autoridades de saúde locais e vai basear as decisões sobre o Azeitech, às recomendações sanitárias vigentes no período".

Mesmo com o retorno presencial, as atividades virtuais não serão descartadas, pois permitem ampliar alcance do evento em público e temas debatidos. "A edição virtual é importante porque possibilita a participação de pessoas que não poderiam vir até Maria da Fé e também pela oportunidade de convidarmos palestrantes de diferentes localidades, inclusive de outros países, para essa troca de experiências. Estamos preparando uma programação bastante robusta com temas pertinentes e importantes para a consolidação da olivicultura nacional", afirma Luiz Fernando.

As atualizações sobre a programação do evento e mais novidades serão disponibilizadas neste link.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.