Esmagamento de soja em Mato Grosso cresce 21,8% em comparação com média dos últimos 5 anos

Soja

Esmagamento de soja em Mato Grosso cresce 21,8% em comparação com média dos últimos 5 anos

Por outro lado, quando comparado ao mês de dezembro do ano passado, houve uma retração de 2,89%
Por:
389 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

O Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou, na última semana, o dado mensal de esmagamento de soja no Estado, que em janeiro foi de 662,9 mil toneladas. Comparado com a média dos últimos cinco anos, houve aumento de 21,87%, sendo este número o segundo maior para o mês de janeiro na série histórica do instituto.

Por outro lado, quando comparado ao mês de dezembro do ano passado, houve uma retração de 2,89%, e na comparação ao mesmo período do ano anterior, a redução foi de 2,35%. Segundo o Imea, como o mês de janeiro é um mês de transição entre safras, algumas esmagadoras optaram por realizar as manutenções anuais necessárias, fazendo com que o volume esmagado fosse menor.

“Com o maior fluxo na colheita neste mês de fevereiro e, consequentemente, maior disponibilidade do grão, o ritmo de processamento pode aumentar. Apesar disso, este movimento ainda é incerto, uma vez que a margem bruta de esmagamento ainda apresenta média inferior aos últimos cinco anos em Mato Grosso”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink