Milho

Estoques internos de milho 141,5% maiores em 2016/2017, frente a safra passada

No relatório de abril, a Conab revisou para cima os estoques de milho no país
Por:
1392 acessos

No relatório de abril, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revisou para cima os estoques de milho no país. Estão previstas 19,32 milhões de toneladas ao final de 2016/2017. Este volume é 141,5% maior que o registrado na safra passada, o equivalente a 11,32 milhões de toneladas a mais em estoque neste ciclo.

A produção nacional foi revisada para cima. Considerando a primeira e segunda safras, o Brasil deverá colher 91,47 milhões de toneladas do cereal este ano, frente as 88,97 milhões de toneladas estimadas anteriormente. Em relação à safra passada (2015/2016), quando foram colhidas 66,53 milhões de toneladas, a produção deverá aumentar 37,5%.

Com relação a demanda interna e exportações, a Conab manteve os valores do relatório anterior de 56,10 milhões de toneladas (consumo doméstico) e 24,00 milhões de toneladas exportadas neste ciclo. Estes números podem ser revisados nos próximos relatórios. A maior disponibilidade interna é o principal fator de pressão de baixa sobre os preços do milho no mercado brasileiro

Veja também

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink