Estudo: Plantio direto pode salvar biodiversidade da Europa
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,650 (0,50%)
| Dólar (compra) R$ 5,55 (0,74%)

Imagem: Marcel Oliveira

MUNDO

Estudo: Plantio direto pode salvar biodiversidade da Europa

Prática não é muito difundida no velho continente
Por: -Leonardo Gottems
477 acessos

Um relatório realizado pela Comissão Europeia para a saúde do solo e alimentação concluiu que entre 25% e 30% dos solos agrícolas da União Europeia estão “perdendo o conteúdo de carbono orgânico, corroendo ou sendo muito compactado, ou alguma combinação desses fatores”, enquanto entre 60% e 70% estão “doentes". Uma maneira pela qual os agricultores estão trabalhando para resolver esses problemas é através da agricultura de plantio direto. 

Embora a agricultura de plantio direto seja praticada na UE, a incorporação da técnica tem sido mais lenta do que em outros lugares. Embora alguns grupos ou associações de agricultores tenham implementado essa prática com algum sucesso, ela não é aplicada em larga escala. Esta, juntamente com outras práticas de conservação agrícola, provou ser uma maneira econômica de controlar com êxito a erosão e melhorar a eficiência do uso de água e fertilizantes. 

“Mas você realmente começa a ver a diferença nos sistemas quando as condições são ruins. Se houver uma seca, você pode ver que as áreas cultivadas de plantio direto são mais produtivas que as fazendas convencionais nas áreas circundantes. A temperatura do solo é mais baixa, economiza água, os polinizadores preferem condições mais frias ", disse o agricultor norte-americano Trey Hill, lembrando que isso será cada vez mais importante diante das mudanças climáticas. 

O plantio direto e outras técnicas de agricultura de conservação, como culturas de serviço e integração com o gado, foram amplamente adotadas na Argentina. Um processo iniciado há 30 anos e que tornou a agricultura argentina a mais sustentável do mundo, por exemplo. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink