EUA: inspeções para exportações caem
CI
Imagem: Pixabay
MERCADO

EUA: inspeções para exportações caem

As inspeções de trigo na semana passada chegaram a 352.404 toneladas métricas
Por: -Leonardo Gottems

As inspeções de milho, feijão e trigo para exportação foram todas mais altas semana a semana, de acordo com o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), em informações divulgadas pelo agriculture.com. As inspeções de milho foram relatadas em 1,25 milhão de toneladas métricas nos sete dias que terminaram em 23 de junho, disse a agência.

Isso é acima de 1,19 milhão uma semana antes e acima dos 1,05 milhão de toneladas que foram avaliadas durante a mesma semana do ano anterior. Os exames de soja para entrega offshore aumentaram para 468.309 toneladas métricas, de 428.322 toneladas na semana anterior, bem à frente das 111.250 toneladas avaliadas no mesmo ponto em 2021, disse o governo.

As inspeções de trigo na semana passada chegaram a 352.404 toneladas métricas, acima das 348.309 da semana anterior e 291.043 do ano anterior. Desde o início do ano de comercialização em 1º de setembro, o USDA inspecionou 47,4 milhões de toneladas de milho para entrega no exterior, abaixo dos 57 milhões de toneladas no mesmo período do ano passado.

As avaliações de grãos desde o início de setembro estão agora em 51,4 milhões de toneladas métricas, abaixo dos 57,4 milhões neste momento em 2021, disse o governo. A inspeção do trigo desde o início do ano de comercialização do grão em 1º de junho agora está em 1,34 milhão de toneladas, logo atrás das 1,54 milhão de toneladas examinadas no mesmo período do ano anterior, informou o USDA em seu relatório.

O clima quente e seco no centro de Nebraska criará riscos de incêndios florestais nesta semana, à medida que as temperaturas aumentam e a velocidade do vento aumenta, de acordo com o Serviço Nacional de Meteorologia. Prevê-se que as temperaturas amanhã e quinta-feira cheguem a cerca de 105 graus Fahrenheit com rajadas de vento de 25 a 30 milhas por hora na região, disse o NWS em um relatório nesta manhã.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.