Expectativa de safra 18/19 cresce para 16,3 mi de toneladas de cana em Alagoas

Cana-de-açúcar

Expectativa de safra 18/19 cresce para 16,3 mi de toneladas de cana em Alagoas

Previsão de crescimento deve ser confirmada com uma moagem de 16,3 milhões toneladas de cana
Por:
239 acessos

Com poucos dias para o encerramento da safra 18/19 uma nova expectativa de produção para o ciclo foi divulgada pelo Sindaçúcar-AL com base nas informações repassada pelas usinas. A previsão de crescimento deve ser confirmada com uma moagem de 16,3 milhões toneladas de cana.

Em comparação ao ciclo 17/18, quando a quantidade de cana beneficiada ficou em 13,7 milhões de toneladas, foi registrado um crescimento de 19% entre as duas safras.

Após amargar uma das menores safras da história do setor sucroenergético alagoano, as usinas iniciaram o novo ciclo da cana apostando em uma moagem de recuperação. Com isso, a expectativa inicial era de que fossem processadas 15 milhões de toneladas de cana pelas 15 unidades que participaram da moagem. De acordo com a planilha divulgada pelo Sindaçúcar-AL, das 15 unidades industriais que participaram da safra 18/19, ainda não finalizaram o ciclo as usinas Caeté e Coruripe, que deverão encerrar a moagem nos próximos dias 07 e 15 de abril, respectivamente.

Caso os números de produção se confirmem, Coruripe será a unidade com maior quantidade de cana moída neste ciclo com mais de 3,8 milhões de toneladas processadas, sendo seguida pela Santo Antônio com 2,1 milhões de toneladas e pela Caeté com 1,9 milhões. Ainda na casa de um milhão de toneladas de cana beneficiadas nesta moagem estão: Porto Rico e Serra Grande, ambas com 1,2 milhão de toneladas processadas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink