Expectativa de seca segura mercado do milho
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
NEGÓCIOS

Expectativa de seca segura mercado do milho

No Paraná, o Deral/PR confirmou que 423 mil hectares foram implantados no Paraná para produção de milho verão
Por: -Leonardo Gottems

De acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica, os metereologistas do Rio Grande do Sul apontam para um novembro mais seco em 20 anos e, enquanto isso, o mercado do milho fica lento. “Se em meados de outubro houve umidade suficiente para um bom início de plantio no milho, novembro se apresentou de forma bem diferente”, comenta. 

“Segundo meteorologistas,  o  mês  pode  ser  considerado  o novembro  mais  seco  dos  últimos  20  anos,  onde  a precipitação  acumulada  foi  de  apenas  41,1 milímetros.  Para  se  ter  ideia,  a  média  histórica  do período é de 163mm.  O mercado andou de lado hoje no Rio Grande do Sul, e os negócios rodaram de forma pontual a R$ 88,00 interior. Indicações de compra no disponível a R$ 89,00 CIF Marau, R$ 90,00 CIF Arroio do Meio, R$ 87,00 Ijuí, R$ 87,00 Santo Ângelo”, completa. 

Em Santa Catarina, a Epagri vê preços pagos aos produtores recuar 7,7% em relação a setembro. “Segundo boletim divulgado pela Epagri/SC, os preços pagos  ao  produtor  recuaram  cerca  de  7,7%  desde setembro, retornando ao patamar que apresentavam durante o começo do ano, de R$ 88,25 a saca. Ainda, segundo a entidade, até o dia 10 de outubro 92% das lavouras  foram  implantadas  no  estado,  sendo  que destas,  a  grande  maioria  (93,9%)  encontra-se  em desenvolvimento vegetativo”, indica. 

No Paraná, o Deral/PR confirmou que 423 mil hectares foram implantados no Paraná para produção de milho verão. “Segundo  o  órgão,  96%  das  lavouras  estão  em  boas condições e, caso  a situação permaneça favorável ao desenvolvimento,  espera-se  uma  produção  total  de cerca  de  4,1  milhões  de  toneladas,  cerca  de  32% acima da safra de verão passada.  Pontualmente,  o  dia  de  hoje  revelou  boas oportunidades  no  norte  do  estado,  onde  pelo  menos  3  mil  toneladas  foram  comercializadas  com  destino  à ferrovia, em Maringá, ao preço de R$ 82,00 até R$ 82,50 a saca e entregas em janeiro e fevereiro de 2021”, conclui. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.