Expofruit 2021 espera movimentar R$ 60 milhões
CI
Imagem: Pixabay
FRUTICULTURA

Expofruit 2021 espera movimentar R$ 60 milhões

Feira em Mossoró (RN) reúne produtores de frutas e empresas internacionais
Por:

“Valorizando as Oportunidades da Fruticultura” é o tema deste ano da Feira Internacional de Fruticultura Tropical Irrigada - Expofruit 2021 que foi aberta oficialmente na noite desta quarta-feira (24) com a participação de autoridades políticas e representantes da cadeia produtiva do Rio Grande do Norte. O evento espera movimentar uma média de R$ 60 milhões em negócios e tem a expectativa de receber aproximadamente 15 mil visitantes nos três dias de realização. 

A cerimônia de abertura foi iniciada pelo presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte – COEX, Fábio Martins Queiroga, que além de falar da felicidade de após três anos todos estarem reunidos na feira com um número maior de estandes, de comercializadores e produtores, também citou a importância da abertura dos laços comerciais com a China oportunidade que vai tornar um mercado que já é grande ainda maior. "O Rio Grande do Norte tem uma região dotada de privilégios produzimos doze meses por ano, temos vocação para a fruticultura e uma enorme capacidade para expandir nossa produção. A Expofruit chega a sua 23ª edição sendo a maior feira de fruticultura do Brasil e a maior direcionada para o melão a nível mundial. Estamos com 30% de estandes a mais do que a última edição presencial realizada em 2018. Essa presença de tanta gente de toda a cadeia produtiva significa que existe uma expectativa de crescimento de negócio que vai resultar em dinheiro circulando e mais empregos para o RN", disse.

Seguido pelo diretor superintendente do Sebrae, parceiro da Expofruit desde o início, José Ferreira de Melo Neto (Zeca Melo), enfatizou que essa é a maior Expofruit já realizada e a parceria com o Sebrae. "Nessa feira temos tanta representatividade, a cadeia está toda aqui, todos que tem algum negócio no setor da fruticultura estão aqui. Tenho orgulho e contentamento da equipe do Sebrae e dessa parceria que nos faz continuar amparando os pequenos produtores e que revela nosso compromisso com todos os produtores rurais. Vida muito longa a Expofruit. Vida longa aos pequenos e grandes empresários da fruticultura".

O vice-reitor da Universidade Federal do Semiárido - Ufersa, Roberto Vieira Pordeus, que falou da honra em participar novamente deste evento e lembrou que desde 1967 a instituição, ainda como a antiga Esam, contribuiu para a formação dos primeiros agronômos. Hoje a Ufersa conta com pesquisadores de ponta dedicados à da fruticultura.

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, marcou presença na abertura da feira e destacou a importância de Mossoró para a agricultura e fruticultura do Brasil. "Quem fala de agricultura e fruticultura no Brasil e de geração de emprego e renda fala de Mossoró. Nós temos muito orgulho de ser de Mossoró, de sermos um dos maiores exportadores de frutas do país e de termos o maior evento da fruticultura irrigada do nosso país. São dezenas de fornecedores, de empresários que montaram aqui seus estandes, inclusive com a presença de investidores da Espanha e China. A gente está aqui para apoiar e dizer que vivemos numa terra que tudo que se planta dá e a fruticultura irrigada, se Deus quiser, vai continuar avançando na nossa cidade, gerando milhares e milhares de empregos”.

Encerrando a solenidade de abertura da feira a governadora do Rio Grande Norte, Fátima Bezerra, elogiou a grandeza da feira e falou da alegria de participar da Expofruit depois desses tempos tão difíceis de pandemia. "A Expofruit é um evento conceituado como o maior do país e nosso governo como parceiro da iniciativa privada e de tudo que traga desenvolvimento para o Rio Grande do Norte tem que reconhecer que todos aqui são desbravadores. Estamos no Semiárido nordestino e vocês conseguem tornar o Rio Grande do Norte o maior exportador de frutas do Brasil, gerando milhares de empregos. Isso é fantástico. O governo está aqui como um parceiro para promover cada vez mais esse setor".

A solenidade contou com a entrega de uma comenda em homenagem à família de Pedro Frederico Sobrinho, proprietário da Agrofértil, que faleceu de Covid-19 no passado. O produtor era um dos grandes apoiadores da feira e deixou um legado na produção de fruticultura do Rio Grande do Norte.

A Expofruit segue até sexta-feira (26), com programação diversificada durante o dia, com palestras, cursos, mesas redondas na Universidade Federal do Semiárido (UFERSA) e exposição na Estação das Artes.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.