Expointer: Gestão ambiental é um dos destaques do Caminhos da Integração
CI
Agronegócio

Expointer: Gestão ambiental é um dos destaques do Caminhos da Integração

Também serão apresentadas experiências em alimentação escolar no RS
Por: -Marianna
A Casa da Família Rural, no Caminhos da Integração, espaço da Emater/RS-Ascar, Fepagro e UFRGS na Expointer 2010, traz como um dos temas principais a gestão ambiental, que é uma preocupação permanente e que estará permeando vários espaços. O Caminhos da Integração está localizado na quadra 37, no parque Assis Brasil, em Esteio (RS).

Esta ação será representada em uma maquete, onde são conciliados os aspectos produtivos e de geração de renda de uma comunidade rural, com a conservação do solo, da mata ciliar e a área de reserva legal. Já o aspecto social está retratado na organização das propriedades, no bem-estar das famílias e no turismo rural. Quanto ao crédito rural, a maquete aborda o custeio das lavouras e as possibilidades de investimento pelo Pronaf, como fruticultura, irrigação, silvicultura, máquinas agrícolas, bovinos de leite, agroindústria, piscicultura, conservação de solos e armazenagem de grãos.

Além da representação em maquete, a gestão ambiental está presente na instalação do sistema de esgoto da Casa da Família Rural e no espaço da biodiversidade onde será apresentado o banco de sementes dos municípios de Mampituba e Novo Hamburgo, que recuperou espécies de plantas nativas do município em processo de extinção.

A produção de carvão, que até então não era vista com bons olhos devido ao perigo ambiental, agora tem um subproduto, o ácido pirolenhoso, utilizado como condicionador do solo, indutor de enraizamento e repelente de insetos. Seu uso contribui para a diminuição da aplicação de produtos químicos na lavoura, para a manutenção do meio ambiente a da saúde humana. A proposta é levar estas informações a agricultores e visitantes, para que, possam incorporar estas práticas em seu cotidiano e melhorar sua qualidade de vida.

Outros Destaques

A apresentação das experiências em alimentação escolar que estão em andamento nos municípios gaúchos de Camaquã, Cerro Grande do Sul, Barra do Ribeiro, Barão do Triunfo, Sertão Santana, Sentinela do Sul e Tapes também estará presente no Caminhos da Integração. Em uma cozinha montada no espaço será demonstrada a produção caseira de alimentos por meio de oficinas práticas com a presença de produtores e jovens rurais destes municípios.

A elaboração destas receitas, assim como a capacitação das merendeiras e o repasse de informações sobre como se dá a inclusão dos agricultores familiares no processo de fornecimento de produtos para a alimentação escolar fazem parte do trabalho feito pela assistência técnica e extensão rural nestes municípios durante o ano todo. Além do trabalho da Emater/RS-Ascar, os Encontros Intermunicipais de Merendeiras, realizados na região Centro Sul do Estado, vieram a consolidar ainda mais esta proposta de trabalho, instituída desde o ano de 2003. Estas ações foram motivadas pelo Fórum de Desenvolvimento Rural que há nove anos discute as estratégias de desenvolvimento rural da região, dentre elas a busca por novos mercados para a agricultura familiar.

Segundo o coordenador do espaço pela Emater/Ascar, Claudinei Baldissera, o tema central - alimentação escolar – tem como objetivo fortalecer a agricultura familiar, melhorar a qualidade dos alimentos servidos aos escolares, bem como despertar hábitos alimentares ligados as culturas dos municípios. Baldissera salienta que esta temática é destaque tendo em vista que, até o final do ano, as escolas deverão se adaptar a Lei n° 11.947 (de 16 de junho de 2009). Além disso, do total dos recursos financeiros repassados pelo FNDE, no âmbito do PNAE, no mínimo 30% deverão ser utilizados na aquisição de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar ruralou de suas organizações.

“Com esta nova legislação todos ganham. Para o agricultor é uma excelente possibilidade de comercializar seus produtos no próprio município ou na região e ampliar a renda familiar. Para os escolares, é uma possibilidade de qualificar sua alimentação, com alimentos frescos, saudáveis, diversificados e sintonizados com seus costumes alimentares; para o município, é o estímulo ao desenvolvimento rural”, avalia Baldissera.

Além da gestão ambiental e da alimentação escolar, o tema que norteia o espaço Caminhos da Integração, aproximando a produção e o consumo, busca evidenciar aos agricultores que cada uma das atividades desenvolvidas por eles tem grande importância para a sociedade. Claudinei destaca que o público urbano poderá conhecer um pouco do valor do meio rural como produtor de alimentos, uma necessidade fundamental da população, de matérias-primas utilizadas pelo setor agroindustrial e do importante papel na preservação dos recursos naturais.

Algumas temáticas apresentadas como a tecnologia de cultivo protegido de videiras de mesa com uso da irrigação, a horta doméstica e plantas biotivas, a piscicultura e a avicultura colonial estão entre as parcelas que buscam o incentivo da diversificação da produção rural que podem colaborar na manutenção do homem na atividade agrícola. São propostas para a sustentabilidade na propriedade rural.

O Caminhos da Integração também vai contar com um espaço destinado para a apresentação das Frentes Programáticas e dos Eventos Interinstitucionais. Este local terá uma programação direcionada aos públicos especiais, sendo eles os jovens, as mulheres, os idosos e a família rural. Com o objetivo de conscientizar e instruir o público visitante, no local haverá distribuição de materiais sobre saúde com a presença do IMAMA. O espaço também servirá para a realização de eventos e dinâmicas de geoprocessamento.

As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS-Ascar.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink