Exportações de grãos da Sérvia caem com proibição
CI
Imagem: Paulo kurtz/ Embrapa
MUNDO

Exportações de grãos da Sérvia caem com proibição

“A Sérvia está acompanhando de perto o impacto da crise russo-ucraniana"
Por: -Leonardo Gottems

As exportações de trigo e milho da Sérvia devem cair significativamente em relação às estimativas anteriores em 2021-22 devido à guerra Rússia-Ucrânia em andamento, que levou a Sérvia a proibir as exportações que considera importantes para a segurança alimentar, de acordo com uma Rede Global de Informações Agrícolas. relatório do Serviço Agrícola Estrangeiro do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA).  

“A Sérvia está acompanhando de perto o impacto da crise russo-ucraniana, especialmente porque 80% das exportações de grãos da Sérvia viajam para o mundo através dos portos do Mar Negro”, disse o Belgrade Post do USDA. “Em 10 de março, a Sérvia proibiu as exportações de produtos alimentícios importantes para a estabilidade alimentar. Especificamente, a Sérvia proibiu as exportações de trigo, farinha de trigo, centeio, milho, fubá e óleo de girassol. Em 24 de março, a Sérvia alterou o decreto para permitir a exportação de trigo e milho, mas apenas conforme os contratos assinados antes da proibição original de exportação.”

Espera-se que a Sérvia produza um recorde de 3 milhões de toneladas de trigo em 2021-22, mais do que suficiente para atender às suas necessidades domésticas e fornecer 1,6 milhão de toneladas para exportação, mas a proibição de exportação levou o Belgrado Post a reduzir essa projeção em 25%. Esperava-se que a Sérvia exportasse 2 milhões de toneladas de milho em 6 milhões de toneladas de produção em 2021-22, mas as exportações de milho agora devem cair 40%, para 1,2 milhão de toneladas.

Em 2022-23, espera-se que a produção de trigo da Sérvia seja de 2,6 milhões de toneladas, com o consumo doméstico atingindo 2 milhões de toneladas e as exportações em 1 milhão de toneladas. A safra de milho está prevista em 2022-23 para atingir 7 milhões de toneladas, com 2,5 milhões de toneladas para exportação. A ração animal consumirá 4,3 milhões de toneladas dos 4,7 milhões de toneladas de demanda doméstica de milho do país.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.