Exportações de suínos fecham com queda de 15,5%

Agronegócio

Exportações de suínos fecham com queda de 15,5%

A receita com o embarque em 2006 registrou uma queda de 11,19%
Por: -Redação
1 acessos

Balanço divulgado pela Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs) mostra que a receita obtida pelo Brasil com a exportação de carne suína no ano de 2006 registrou uma queda de 11,19% em comparação com o ano anterior. De janeiro a dezembro, a receita acumulada foi de US$ 1,04 bilhão frente aos US$ 1,17 bilhão em 2005.

O volume embarcado de carne suína teve uma retração similar. Foram exportadas 528.195 toneladas em 2006, contra 625.075 em 2005. A Rússia continua sendo o principal destino da carne suína brasileira, respondendo por 51% do mercado no acumulado do ano. Na comparação com o ano anterior, a queda nos volumes embarcados para a Rússia foi de 33,86% (267.689 toneladas em 2006 contra 404.738 em 2005). E a retração da receita das exportações para a Rússia foi de 22,74% (US$ 622,3 milhões em 2006 ante US$ 805,4 milhões no ano anterior).

Se por um lado a Rússia importou menos carne suína brasileira no ano de 2006, todos os outros principais compradores aumentaram suas aquisições de forma expressiva. As exportações para a Ucrânia aumentaram 130%; para Hong Kong, 21% e, para Cingapura, 52%.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink