Biofach 2018

Expositores participam de oficina de capacitação para a Biofach 2018

A expectativa da Sead é fortalecer uma ação de base
Por: -Carolina Gama
10 acessos

O mercado internacional poderá experimentar mais uma vez o gostinho dos produtos brasileiros. No ano de 2018, a Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) participará da Biofach - a maior feira de alimentos orgânicos do mundo - que acontece anualmente, há 25 anos, na Alemanha. A Sead organizou a estrutura de estande da Agricultura Familiar do Brasil na feira, e apoia a participação de empreendimentos da agricultura familiar que participarão a comercializarem suas mercadorias e fazer prospecção de contratos futuros. Nos dias 21 e 22 de novembro, a Sead promove uma oficina de capacitação para esses empreendimentos que estarão no evento em 2018.

Nove empreendimentos representarão a agricultura familiar brasileira na próxima edição da Biofach, dos quais dois estarão pela primeira vez em uma feira internacional. Para ser selecionado era preciso se inscrever no edital que foi aberto em agosto deste ano e preencher todos os pré-requisitos, como: apresentar Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP Jurídica), certificado orgânico, entre outras exigências.  

Na oportunidade, normalmente são fechados negócios significativos por esses empreendimentos. De acordo com o coordenador de Assuntos da Agricultura Familiar e Cooperação Internacional da Sead, Hur Ben Corrêa da Silva, a maior vantagem é que essas associações e cooperativas passam a conhecer o mercado internacional. “Eles veem como funcionam os padrões, como é o perfil da comercialização, da embalagem, do beneficiamento, preferência de público e negociantes, distribuidores que participam ou visitam a feira. É uma escola muito importante para o aperfeiçoamento dos empreendimentos da agricultura familiar.”

A expectativa da Sead é fortalecer uma ação de base, habilitando mais organizações ou empreendimentos a terem condições de operar no mercado ou em feiras internacionais. O coordenador acrescenta que para qualificar essa iniciativa, a Sead organiza uma capacitação com os empreendimentos da agricultura familiar todos os anos. “Trazemos pessoas que são ligadas ao mercado internacional, como a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o Sebrae, e outros especialistas em nichos de mercados.”

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink