Agronegócio

FAPESP e Fundecitrus debatem resultados de pesquisas na citricultura

Papel da pesquisa no controle da CVC e seu impacto na qualificação da produção em São Paulo será tema de encontro na sede da Fundação
Por:
437 acessos

A trajetória das pesquisas que levaram à ampliação do conhecimento sobre a Clorose Variegada dos Citros (CVC), conhecida como praga do amarelinho, e seu efetivo controle nas plantações de laranjas do Estado de São Paulo serão tema de um encontro promovido pela FAPESP em parceira com o Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus) na quarta-feira, 13/07, na sede da Fundação, em São Paulo.

No evento, pesquisadores vão debater o papel das pesquisas no controle biológico da praga nos laranjais, desde o projeto Genoma FAPESP, que decodificou a Xylella fastidiosa, bactéria causadora da CVC, até a aplicação do conhecimento produzido nessas e em outras pesquisas, que resultou no controle da doença.

Os resultados do projeto Genoma FAPESP, concluído em 2000 com a participação de aproximadamente 200 pesquisadores de diferentes universidades e centros de pesquisa, estarão na pauta do encontro, assim como a sequência de pesquisas realizadas nos últimos 15 anos, em instituições públicas e privadas, algumas em parceria com outros países, também farão parte das apresentações.

Durante o evento serão divulgados números atualizados da incidência da CVC em São Paulo – responsável no passado por afetar quase a metade dos pomares e colocar em risco a produção da citricultura paulista, uma das mais importantes do agronegócio brasileiro – obtidos a partir das pesquisas relacionados ao controle da doença, bem como suas implicações econômicas sobre a produção nos últimos anos.

Os participantes vão traçar ainda um panorama dos mecanismos de financiamento de pesquisas relacionadas a diferentes temas na citricultura, dos conhecimentos obtidos por essas pesquisas e sua aplicação no campo, que levaram a uma radical mudança nas técnicas de produção de mudas, por meio da difusão de tecnologia adequada, além de influenciar a legislação reguladora do setor.

Seu alcance em políticas públicas, sobre o controle dos vetores e o tratamento de doenças nas plantas, bem como sua abrangência ao padrão de produtividade dos laranjais também serão discutidos, assim como o intercâmbio de informações entre diferentes grupos de pesquisa, incluindo o acesso ao conhecimento produzido.

A abertura do evento será feita por José Goldemberg, presidente da FAPESP, e Lourival Monaco, presidente do Fundecitrus. A programação completa pode ser vista em www.fapesp.br/10338. Para se inscrever no evento, gratuito, basta acessar o endereço www.fapesp.br/eventos/citrus/inscricao.

O impacto da pesquisa apoiada pela FAPESP e Fundecitrus no controle da Clorose Variegada dos Citros na citricultura paulista

Data e horário: 13 de julho, das 10h00 às 12h00

Local: FAPESP - Rua Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - São Paulo

Inscrições para o evento: www.fapesp.br/eventos/citrus/inscricao

Programação: www.fapesp.br/10338

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink